Logo Comunitas

Projeto de transferência de renda liderado pela Comunitas chega a Santos, Guarujá e Cubatão

22/05/2020

A ação foi resultado da mobilização, em conjunto, das empresas VLI, Rumo, MRS, Hidrovias, Teg e Ageo

O projeto de apoio emergencial para famílias vulneráveis, construído e liderado pela Comunitas, chegou às cidades de Santos, Guarujá e Cubatão, localizadas no litoral paulista.

Até o momento, foi mobilizado mais de R$ 1 milhão, resultado do apoio oferecido pelas empresas VLI, Rumo, MRS, Hidrovias, Teg e Ageo. Serão beneficiados alunos em situação considerada de vulnerabilidade socioeconômica – a seleção foi feita por meio da política pública da gestão santista e do governo paulista.

Em Santos, 8 mil alunos da rede pública municipal serão contemplados pela iniciativa da prefeitura, e para 100% deles a Comunitas dobrará o benefício. Na cidade, cada estudante contemplado matriculado em creche receberá R$ 101 reais (mobilização privada) + R$ 101 (prefeitura), em pré-escola R$ 63 reais (mobilização privada) + R$ 63 (prefeitura), e em ensino fundamental R$ 55 (mobilização privada) + R$ 55 (prefeitura). O pagamento do benefício tem previsão de iniciar em junho e será disponibilizado em forma de ticket alimentação por um mês.

Já nas cidades de Guarujá, Cubatão e na própria Santos, serão beneficiados 10 mil alunos da rede pública estadual em situação carente. Para 1,3 mil deles, mais vulneráveis, a Comunitas dobrará o valor do benefício oferecido pela administração paulista, ficando R$ 55 (mobilização privada) + R$ 55 (governo). A proposta inicial visava apoiar durante dois meses (abril e maio), porém a Comunitas garantiu o apoio para mais um mês de benefício (junho). Pelo estado, o pagamento é realizado por meio do aplicativo Picpay.

“Com esse trabalho a Comunitas busca garantir ao cidadão vulnerável mais formas de proteção social para ultrapassarmos os desafios provocados pela pandemia da Covid-19. Além disso, acreditamos que a transferência direta de renda para a alimentação é uma política pública mais efetiva neste cenário, pois estimula a economia local, fortalecendo pequenos e nanos empreendedores, além de oferecer autonomia à família”, explica a diretora-presidente da Comunitas, Regina Esteves.

 

 

A Comunitas e o apoio na implementação de ações de enfrentamento à pandemia

Desde o início da pandemia no Brasil, a Comunitas – organização dedicada à integração de uma agenda Brasil há 20 anos, resolveu reunir sua rede e buscar soluções rápidas para a crise enfrentada pela área da saúde no combate ao coronavírus.

Com a experiência de um trabalho realizado há anos junto à governos municipais e estaduais, a organização mapeou os desafios enfrentados pelas gestões, para encontrar as necessidades mais imediatas e encontrar as melhores formas de apoiar, sempre alinhada às estratégias dos governos.

Últimas notícias:

GUIADA PELO PROPÓSITO: Regina Esteves, diretora-presidente da Comunitas, é destaque no portal UOL

  Em março deste ano, a executiva paulista Regina Esteves fez algo que evitou durante...

Com parceria da Comunitas, GIFE lança infográfico com panorama do Investimento Social brasileiro

O infográfico integra uma iniciativa do GIFE que tem o objetivo de reportar à sociedade...

Comunitas e Prefeitura de Santos realizam reunião entre líderes da Governança

A Comunitas e a Prefeitura de Santos (SP) realizaram, hoje (17), mais uma reunião entre os...

É preciso se reinventar: o que mudou na Comunitas durante a crise da Covid-19?

por Dayane Reis* Nada. E bastante coisa. Na verdade, a gente continua criando estratégias e...

Governo Federal e Secretários Estaduais debatem os desafios dos Estados durante encontro da Comunitas

Esse foi o último de uma série de três encontros com objetivo de fortalecer uma agenda nacional...