Logo Comunitas

No Pará, projeto que busca eficiência dos gastos em Saúde entra em nova fase

24/01/2020

O objetivo da iniciativa é buscar a otimização e qualificação do gasto público, e diversificação da capacidade de investimentos do estado

Após realização do 4º e último workshop de capacitação, o projeto realizado pelo Governo do Pará – com apoio do Programa Juntos, que visa auxiliar a administração a racionalizar e dar eficiência aos principais gastos da Secretaria Estadual de Saúde, entra em nova fase.

A iniciativa busca mais qualidade para a entrega do serviço e o custo, por meio de regulação, gestão hospitalar e otimização dos gastos. O objetivo não é a redução linear de despesas, mas a otimização e qualificação do gasto público, e diversificação da capacidade de investimentos do estado.

Na primeira etapa, os workshops serviram para estruturar dados, analisar lacunas, definir metas, e formular planos e projetos de otimização das finanças, com conteúdos de gestão de recursos públicos por meio de métodos que favorecem a eficiência operacional de hospitais públicos do Pará.

Foram construídas 24 propostas de ações para as principais contas (8 em medicamentos, 7 em contratação de prestação de serviços terceirizados, 6 em materiais médicos hospitalares e 3 em alimentação parenteral), com prazos diferentes de execução, conforme a complexidade de cada ação proposta e o seu encadeamento.

“No geral, as ações propostas denotam a necessidade de unificar e sistematizar informações de gestão, implementar medidas para qualificação e controle de compras, bem como disseminação de boas práticas de controle da produtividade”, explica Peter Cassol, secretário adjunto de Gestão Administrativa do Pará.

Para ele, é também de suma importância a necessidade de aprimorar o planejamento das despesas, com foco na melhoria dos processos, controle e incentivo às boas práticas. “Trabalho é permanência e é essencial o envolvimento de todos os servidores na execução das ações propostas para que as metas sejam cumpridas”, complementa.

Agora, na fase de acompanhamento, a Mais Partners – consultoria técnica contratada pela Comunitas para liderar o projeto junto à equipe do governo, fará o acompanhamento semanal dos planos de ação. Além disso, serão realizadas reuniões de governança (presenciais e virtuais) com a participação de todos os responsáveis pelo projeto.

Leia também: Trabalho do Juntos no Tocantins pode gerar até R$ 23 milhões em economia para prefeituras

Prevista para iniciar em abril, a última fase do trabalho prestará acompanhamento à distância ao governo paraense. Nessa etapa, o parceiro técnico fará o monitoramento da evolução das ações implementadas pela administração. O projeto tem prazo de conclusão para outubro.

 

Com informações do portal da Secretaria de Saúde do Estado do Pará.

 

Últimas notícias:

Parceira da Comunitas, Caruaru conquista prêmio por projeto de redução da violência

Criado pela Prefeitura de Caruaru, o Juntos pela Segurança conta com ações desenvolvidas em...

Governo do RS conquista Prêmio Excelência em Competitividade com reformas estruturantes apoiadas pela Comunitas

Amplo conjunto de mudanças na carreira do funcionalismo venceu na categoria Boas...

Comunitas e Instituto Butantan realizam primeira assinatura para iniciar construção da fábrica da CoronaVac

A Comunitas e o Instituto Butantan assinaram, hoje (17), um acordo de confidencialidade (NDA) com o...

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no...

Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

Projeto liderado pela Comunitas dissemina as boas práticas educacionais de Teresina para Petrolina...