Logo Comunitas

Governo Federal e Secretários Estaduais debatem os desafios dos Estados durante encontro da Comunitas

12/06/2020

Esse foi o último de uma série de três encontros com objetivo de fortalecer uma agenda nacional de reestruturação da máquina pública

A Comunitas realizou, ontem (11), mais uma imersão digital, dessa vez convidando para o debate representantes do Governo Federal e Secretários Estaduais integrantes da rede da Comunitas. Em pauta, o cenário das finanças públicas em tempos de Covid-19 e os caminhos para uma colaboração federal efetiva com Estados.

“O momento é de grandes desafios, e para ultrapassá-los é fundamental juntar esforços. Por este motivo realizamos essas imersões técnicas e articulamos o debate entre vocês, que estão na linha de frente da gestão. Contem sempre com a Comunitas para potencializarmos a agenda pública”, disse a diretora-presidente da organização, Regina Esteves, dando início à reunião.

Leia também: Vídeo e resumo | Comunitas reúne prefeitos para debater os desafios das cidades durante a Covid-19

O encontro virtual contou com a participação do secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, do secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, e do Diretor do Centro de Cidadania Fiscal, Bernard Appy. Subsecretários do Tesouro Nacional acompanharam a reunião.

Também participaram do debate a secretária da Fazenda de Goiás, Cristiane Schmidt; o secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul, Marco Aurelio Cardoso; o secretário de Fazenda de Minas Gerais, Gustavo Barbosa; o secretário da Fazenda do Pará, René Sousa; o secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoro; além do secretário de Fazenda do Rio de Janeiro, Guilherme Mercês. A moderação ficou à cargo do jornalista Leo Branco.

“Temos oportunidades à frente. O nosso desafio é trabalharmos juntos na formulação de medidas de otimização de despesas. Não há dúvidas da importância de reformais estruturais de Estado, e acredito que este momento é favorável para o diálogo sobre o assunto”,

Leia também: Resumo | Secretários estaduais de Fazenda defendem pacto nacional por Reformas, durante encontro da Comunitas

Entre os assuntos mais debatidos na reunião, estavam a necessidade de reformas de Estado para enxugamento da máquina pública e aumento da capacidade de investimento do setor público, a importância da articulação conjunta entre os entes federativos para o avanço de agendas públicas estruturantes, e a revisão do modelo de federalismo fiscal existente no País.

“Este ano estamos indo para um déficit fiscal de R$ 700 bilhões, sendo otimista. Isso corresponde à 10% do PIB do setor público. Precisamos nos unir em torno de agendas estruturantes que combata esse desafio. Se nós, como sociedade, não nos acalmarmos e sentarmos na mesa para conversar e construirmos consenso, não conseguiremos avançar””, afirmou Mansueto.

Os encontros da Comunitas são fechados e contam com a participação de membros de sua rede para discutir temáticas importantes para a gestão pública.

Últimas notícias:

Parceira da Comunitas, Caruaru conquista prêmio por projeto de redução da violência

Criado pela Prefeitura de Caruaru, o Juntos pela Segurança conta com ações desenvolvidas em...

Governo do RS conquista Prêmio Excelência em Competitividade com reformas estruturantes apoiadas pela Comunitas

Amplo conjunto de mudanças na carreira do funcionalismo venceu na categoria Boas...

Comunitas e Instituto Butantan realizam primeira assinatura para iniciar construção da fábrica da CoronaVac

A Comunitas e o Instituto Butantan assinaram, hoje (17), um acordo de confidencialidade (NDA) com o...

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no...

Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

Projeto liderado pela Comunitas dissemina as boas práticas educacionais de Teresina para Petrolina...