Logo Comunitas

Comunitas modela projeto de apoio à criação de protocolos para ações durante crise em RS, GO, MG e PA

17/04/2020

A pandemia provocada pela Covid-19 (coronavírus) tem gerado inúmeras consequências negativas, atualmente. E a previsão é que ainda resulte em ainda mais desafios no país e no mundo, principalmente no campo econômico e social.

Mas como os governos devem agir diante de um futuro tão incerto e desafiador? Para auxiliar a gestão pública na busca por respostas, a Comunitas está desenvolvendo um projeto que busca propor caminhos, mais ágeis e assertivos, que possam apoiar na recuperação socioeconômica dos Estados. A iniciativa está sendo implementada em parceria com os Governos do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pará e Goiás – membros da rede formada pela organização.

Leia também: Comunitas e Governo de SP iniciam pagamento de benefícios para alunos em extrema pobreza

O objetivo da iniciativa é colaborar com o planejamento e monitoramento das decisões tomadas pelos gestores públicos durante a crise do Covid-19, por meio do diálogo entre o setor público, o setor produtivo e científico/acadêmico com base em metodologias de pesquisa, como a elaboração de diagnósticos, check lists de situações, matriz de impacto e complexidade, que resultem num processo transparente de priorização e elaboração de protocolos de retomada das atividades socioeconômicas locais.

Leia também: Comunitas e Governo de MG iniciam projeto de apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

“Não temos dúvidas que estamos em um momento onde o foco prioritário deve estar em salvar vidas. Porém, já podemos vislumbrar o cenário econômico negativo do futuro, com redução do PIB, aumento do desemprego e dos índices de pobreza. Nossa intenção é nos adiantarmos a isso, para tentarmos mitigar da melhor forma os impactos que ocorrerão”, explicou a diretora-presidente da Comunitas, Regina Esteves.

Leia também: “Haverá recursos também para a prevenção da população?”, questiona Regina Esteves em matéria do Jornal O Globo

Toda a iniciativa está sendo desenvolvida baseada em dados e evidências, e as ações possuem embasamento em estudos e benchmarks internacionais, bem como contam com o apoio da iniciativa privada e especialistas que fazem parte da rede da Comunitas.

Leia também: “Não é mais tolerável a intensidade e gravidade da desigualdade que vivemos”

Os materiais ficarão disponíveis para outros gestores públicos na plataforma de replicabilidade da Comunitas: www.redejuntos.org.br.

 

 

Crédito da foto na capa: André Ávila / Agencia RBS

Últimas notícias:

Comunitas e Prefeitura de Santos desenvolvem projeto de revitalização do Mercado Municipal

O Mercado Municipal de Santos (SP) passará por uma revitalização. Para isso, a Comunitas, por...

Nova trilha da Rede Juntos aborda processos de modernização e melhoria do processo de Licenciamento Ambiental

Conhecimento apresentado pela trilha foi sistematizado do trabalho apoiado pela Comunitas junto ao...

Comunitas e Governo de Goiás realizam reunião com líderes da Governança

No último dia 14, o Governo do Estado de Goiás se reuniu com a Comunitas para realizar mais uma...

Prefeitura de Caruaru busca equilíbrio fiscal com apoio da Comunitas

Projeto é composto por conjunto de ações interligadas com a função de produzir resultados à...

Pelotas acompanhará jovens em vulnerabilidade por meio de sistema apoiado pela Comunitas

Projeto integra iniciativas do Pacto Pelotas pela Paz A Prefeitura de Pelotas (RS) está...