Logo Comunitas

Agenda | Comunitas reunirá prefeitos em conferência de encerramento de jornada

11/05/2021

A Jornada de Formação para novos prefeitos da Comunitas está chegando ao fim. A iniciativa apoiou, ao longo dos últimos meses, novas lideranças públicas no desenvolvimento de Plano de Governos, na transição governamental, nos 100 primeiros dias e na construção do Planos de Metas, por meio de conteúdos teóricos, mentorias e imersões técnicas com especialistas em diversas áreas que permeiam a gestão pública.

Para encerramento, a organização convidou os próprios prefeitos e prefeitas para comentarem sobre o processo de desenvolvimento da jornada, além de participarem de um debate acerca dos desafios de ocupar um cargo de liderança municipal, como planejar uma administração mais eficiente, e os caminhos para lidar com os desafios da administração, à exemplo da pandemia de COVID-19.

Também estarão presentes no encontro membros da Governança da organização e especialistas que integram a rede da Comunitas.

>>> Participe! Clique aqui e faça sua inscrição.

 

Jornadas de Conhecimento e Inovação da Comunitas

As Jornadas de Conhecimento e Inovação da Comunitas são gratuitas e têm como objetivo preparar líderes e gestores públicos a enfrentar desafios complexos com soluções criativas e construir capacidades para transformar a administração pública – buscando a implementação de governos mais ágeis, responsivos e focados nos cidadãos.

Além disso, as Jornadas visam garantir que o ciclo de conhecimento do Governo e da Comunitas esteja completo, assegurando que o aprendizado não fique estacionado e estático, mas, sim, que seja usado para alimentar novas iniciativas.

Fase 1: Criação de Planos de Governo

A primeira fase da jornada foi voltada para àqueles que possuíam interesse em desenvolver um programa de governo de alta qualidade técnica.

Leia também: Comunitas lança jornada para auxiliar na formulação de planos de governo de impacto

Ela foi dividida em duas partes, sendo uma teórica disponível na Rede Juntos, plataforma de conhecimento em gestão pública liderada pela Comunitas, contendo mais de 60 horas de conteúdo, entre videoaulas, trilhas e exercícios práticos – tudo desenvolvido por mais de 50 peritos da área pública.

Nos materiais, os participantes têm à disposição módulos de conhecimento em diversas áreas que permeiam a gestão pública, e poderão consultá-los de forma livre e a ritmo autônomo. Cada módulo conta com um teste de conhecimento, que foram obrigatórios para obtenção da certificação oferecida pelo Columbia Global Centers l Rio de Janeiro, escritório da Universidade de Columbia no Brasil.

Leia também: “A melhor forma de conduzir um governo é focar a energia em construir o novo, e não em destruir o velho”

A outra parte da jornada foi formada por mentorias e imersões virtuais com especialistas e gestores públicos brasileiros e internacionais. O intuito foi promover um espaço de troca de experiências e conhecimento qualificado entre todos os envolvidos na jornada.

Leia também: Passar o bastão: por que optar por uma transição de mandato republicana?

Mais de 30 especialistas compartilharam conhecimento com pré-candidatos (e equipes) a prefeituras brasileiras. Entre eles, estavam Sérgio Avelleda, diretor de Mobilidade Urbana do World Resources Institute (WRI); Vivian Satiro, secretária-adjunta municipal de Licenciamento de São Paulo (SP); Fabio Bernardi, especialista em Comunicação Pública; Elizabeth Jucá, secretária de Desenvolvimento Social do Estado de Minas Gerais; Alexandre Schneider, ex-secretário municipal de Educação de São Paulo (SP); e Januário Montone, ex-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Foram mais de 650 pessoas inscritas na trilha de conhecimento da Rede Juntos – grande maioria candidatos às prefeituras, de quase 90 diferentes cidades que contemplam todas as regiões do País. São homens (63,6%) e mulheres (36,4%) de diferentes partidos, como PT, PTC, PSOL, PSDB, Rede, PDT, PRTB, e cada um consumiu cerca de 13 horas, em média, dos conteúdos disponíveis na jornada.

Leia também: Jornada para Futuros Prefeitos chega na reta final | Saiba como está sendo

Fase 2: Transição e 100 Primeiros Dias

A segunda fase da jornada buscou apoiar os próximos chefes dos executivos municipais na transição de governo – que, por conta da pandemia, teve o menor tempo da história, na construção da agenda prioritária dos 100 primeiros dias de mandato.

Leia também: Com participação de Pedro Parente e Firmino Filho, Comunitas lança jornada de transição de governo e 100 primeiros dias

Após mais de 100 inscrições, foram selecionados 53 municípios para participar de mentorias coletivas. Cerca de 15 partidos estavam representados, com lideranças públicas de todas as regiões do País, sendo que a maioria (84%) estava buscando o primeiro mandato.

Além de ter acesso às trilhas de conhecimento, conferências virtuais e ferramentas de gestão, os municípios ainda tiveram direito à mentorias técnicas extras com especialistas, com foco em demandas específicas apontadas durante a jornada, como, por exemplo, convênios e parcerias, com Flávio Emílio Rabetti, diretor de Convênios e Contratos de Campinas (SP), previdência social municipal, com Tarcísio Cintra, na época secretário de Finanças de Campinas (SP), e saúde pública em época de pandemia, com Fábio Ferraz, ex-secretário de Saúde e atual de Planejamento e Inovação de Santos (SP).

Leia também: Confira a lista de prefeitos selecionados para participar das mentorias da Jornada Desafios dos Futuros Prefeitos

Fase 3: Planos de Metas

Dos 53 municípios, a Comunitas selecionou 12 para participar da terceira e última fase, de mentorias individuais para o desenvolvimento dos Planos de Metas municipais. Os encontros foram liderados pela consultoria Mais Resultados, parceira técnica da Comunitas.

Para seleção, foram estabelecidos critérios como: perfil da liderança, pluralidade partidária e diversidade territorial. Ao aceitar participar da iniciativa, o prefeito ou prefeita precisou assumir o compromisso, por meio da assinatura de uma carta, de envolver-se em todas as etapas do projeto.

Cada município selecionado participou de 10 mentorias, com 2h de duração cada, durante três meses. Além dos encontros, eles também receberam diagnósticos personalizados das áreas mais críticas do município, como Finanças, Educação, Saúde e Desenvolvimento Socioeconômico, elaborado pela Mais Resultados e Falconi; uma Agenda 100 que define as prioridades dos 100 primeiros dias de mandato; e um Plano de Metas elaborado junto com um portifólio de prioridades, que visam transformar promessas de campanha em metas alcançáveis.

Leia também: Comunitas divulga prefeitos selecionados para mentorias individuais da Jornada Desafios dos Futuros Prefeitos

 

Últimas notícias:

Pelotas acompanhará jovens em vulnerabilidade por meio de sistema apoiado pela Comunitas

Projeto integra iniciativas do Pacto Pelotas pela Paz A Prefeitura de Pelotas (RS) está...

Porto Alegre recebe nota A do Tesouro Nacional por capacidade de pagamento

Medidas de equilíbrio fiscal apoiadas pelo Programa Juntos no município tiveram impacto na...

Comunitas divulga Relatório Anual 2020

A Comunitas divulgou na última semana o Relatório Anual de 2020, período marcado por grandes...

BISC realiza primeiro Grupo de Debates do ano

Momento serve para compartilhar experiências, debater caminhos do investimento social corporativo...

Projeto pretende transformar Dique na Zona Noroeste de Santos com habitações sustentáveis

A cidade de Santos realiza estudo para transformar o Dique da Vila Gilda, localizado na Zona...