Logo Comunitas

Se é público, também é seu: Prefeitura de Juiz de Fora convida cidadãos a cuidar da cidade

02/05/2019

No último ano, por exemplo, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana da cidade gastou mais de R$ 1,3 milhão na limpeza diária dos bota-fora irregulares.

A Secretaria de Comunicação Pública (SeCom) da Prefeitura de Juiz de Fora, em Minas Gerais, lançou a campanha “Eu cuido de JF – Se é público, também é seu”, que tem como objetivo conscientizar a população quanto à necessidade do melhor uso de espaços públicos, promovendo a diminuição do vandalismo, do descarte irregular de lixo e entulho, entre outros problemas urbanos que afetam o dia a dia da cidade, incomodam a população e ainda geram custos para o município. No último ano, por exemplo, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) gastou mais de R$ 1,3 milhão na limpeza diária dos bota-fora irregulares.

Além dos telefones disponibilizados pela prefeitura, as irregularidades também podem ser denunciadas à PJF por meio do aplicativo Colab, que está disponível para ser baixado gratuitamente. A utilização do Colab pela prefeitura mineira é resultado da parceria com o Programa Juntos, iniciativa liderada pela Comunitas.

O prefeito Antônio Almas ressalta que a intenção é alertar as pessoas para um problema visível, que afeta a qualidade de vida da população como um todo e é frequente. “Infelizmente, algumas pessoas agem como se o que é público não lhes pertencesse ou não fosse de ninguém. Mas, na verdade, o que é público é de todos. Se entendermos que a cidade é nossa e cuidarmos dela, em pouco tempo veremos diferença. É uma mudança comportamental que traz benefícios a todos”.

 Leia também: Bate-Bola | Secretário de Comunicação de Juiz de Fora aborda engajamento popular e comunicação pública 

Aproximação entre o poder público e o cidadão

A Prefeitura de Juiz de Fora vem desenvolvendo diversas ações voltadas para uma gestão mais democrática e colaborativa.

Outro exemplo é o projeto “Bem Comum Bairros”, iniciativa que leva o prefeito e secretários para participarem de audiência pública com a população, tirando dúvidas e ouvindo sugestões. Além disso, a população tem acesso a atendimentos de saúde e de outros serviços públicos, atividades físicas orientadas, atrações culturais e brincadeiras.

Leia também: Consultas públicas e o engajamento da sociedade nas decisões do governo

Em 2019, o “Bem Comum Bairros” retornou suas atividades e, pela primeira vez, quem anda decidindo a localidade que vai receber as atividades e serviços é a população juiz-forana, também pelo Colab – por meio da ferramenta “Consulta Pública” disponível no aplicativo.

 

 

Com informações da Prefeitura de Juiz de Fora.

 

Últimas notícias:

Com parceria da Comunitas, GIFE lança infográfico com panorama do Investimento Social brasileiro

O infográfico integra uma iniciativa do GIFE que tem o objetivo de reportar à sociedade...

Comunitas e Prefeitura de Santos realizam reunião entre líderes da Governança

A Comunitas e a Prefeitura de Santos (SP) realizaram, hoje (17), mais uma reunião entre os...

É preciso se reinventar: o que mudou na Comunitas durante a crise da Covid-19?

por Dayane Reis* Nada. E bastante coisa. Na verdade, a gente continua criando estratégias e...

Governo Federal e Secretários Estaduais debatem os desafios dos Estados durante encontro da Comunitas

Esse foi o último de uma série de três encontros com objetivo de fortalecer uma agenda nacional...

Criados com apoio da Comunitas, protocolos do RS servem de modelo para Niterói e Paraty

O projeto de distanciamento controlado desenvolvido no Estado do Rio Grande do Sul, com apoio da...