Logo Comunitas

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

16/09/2020

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no equilíbrio das contas.

A Comunitas realizou, na última sexta-feira (11), a última reunião da Governança do projeto Municípios em Rede. A iniciativa caracteriza a parceria do Juntos com as prefeituras de Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Guaraí, Colinas, Taguatinga, Paraíso, Miranorte, Taguatinga, São Salvador e Palmeirópolis – formando uma coalizão para melhoria da gestão pública nestas cidades.

Leia também: Comunitas e prefeitura apresentam o Pacto Araguaína pela Paz

O objetivo da reunião foi apresentar os resultados finais do projeto que, ao longo de 11 meses, buscou caminhos de melhorias na gestão pública das cidades – mais especificamente no equilíbrio das contas.

O encontro contou com a presença de prefeitos e representantes de sete municípios integrantes do projeto, com a participação da equipe da Comunitas, além de Juliana Rayel Chequi e Viviane Gurgel, representantes da BRK, e Luciane Pedro e José Magno, representantes da Engie – duas das empresas parceiras da Comunitas em Tocantins.

Leia também: Comunitas apoia Governo do Pará na modernização dos processos de licenciamento ambiental

“Ao trabalharmos em rede, consideramos que teremos um impacto maior e de maneira mais eficiente, pois há também o compartilhamento de experiências e soluções entre as próprias cidades. Nosso objetivo com esse trabalho é buscar soluções e oferecer ferramentas para que as cidades possam prestar melhores serviços para o cidadão”, explicou a diretora de Estratégia e Relações Institucionais da Comunitas, Ronyse Pacheco.

Para os municípios de Araguaína, Colinas do Tocantins, Guaraí, Gurupi, Miranorte, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional e Taguatinga, os primeiros a participarem do projeto, foi realizado um diagnóstico amplo e robusto, analisando mais de 100 possíveis oportunidades em cada um deles, durante 11 meses de projeto.

Leia também: Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

“Foi uma honra para a nossa cidade ter participado desse projeto. Vou sugerir ao meu sucessor na prefeitura que continue a parceria com a Comunitas”, declarou Laurez Moreira, prefeito de Gurupi.

Foram identificadas 160 oportunidades, das quais 18 foram implementadas (sendo 11 concluídas e 7 em andamento) e geraram um resultado de R$ 10,43 milhões, distribuídos em 5 municípios – com destaques para Araguaína (R$ 8,0 milhões), Porto Nacional (R$ 1,3 milhões) e Paraíso do Tocantins (R$ 0,6 milhões).

Leia também: Retomada econômica e educacional são destaques em reunião entre líderes da Comunitas e da Prefeitura de Teresina

“É uma grande conquista atingir o equilibro fiscal em meio a tanta adversidade. Quando todos se ajudam, os resultados são melhores”, disse Lires Ferneda, prefeita de Guaraí.

Além disso, existe um total de R$ 6,8 milhões em ações iniciadas, contudo e não concluídas ainda – mas que as prefeituras tem as condições de implementarem. Ao todo, o potencial para o ano de 2020 é de R$ 17,23 milhões.

Já nos municípios de Palmeirópolis e São Salvador, que passaram a integrar o Municípios em Rede posteriormente, foram 9 meses de trabalho, que também resultou em 34 oportunidades de ganho, sendo 11 priorizadas no total – que podem gerar um ganho estimado de R$ 3 milhões.

Leia também: Comunitas e Governo do Rio Grande do Sul realizam reunião de governança

Somados os dois municípios, foram apontadas 34 oportunidades, das quais 11 foram priorizadas e tiveram ações implementadas e resultaram em um valor atual de R$ 8.400,00. Esse montante se refere às ações já concluídas e que também já entraram nos cofres das prefeituras. Além disso, há um total de R$ 272 mil em ações iniciadas, mas não concluídas – porém que as prefeituras tem capacidade de implementar. Ao todo, o potencial para o ano de 2020 para as duas cidades é de R$ 280 mil.

“Agradecemos muito o apoio da Comunitas pois o projeto vai de encontro com o que o prefeito Moisés Avelino gostaria de deixar de legado para cidade: uma gestão de excelência. Com o projeto da Comunitas foi possível enxergar a possibilidade da eficiência da gestão pública”, afirmou Ingrid Lima, secretária de Administração da Prefeitura de Paraíso.

Os resultados obtidos pelo projeto geraram um retorno de R$ 21 para as cidades para cada real investido pela Comunitas, além de oferecer aos municípios um suporte importante durante um momento de crise.

Últimas notícias:

Governo do RS conquista Prêmio Excelência em Competitividade com reformas estruturantes apoiadas pela Comunitas

Amplo conjunto de mudanças na carreira do funcionalismo venceu na categoria Boas...

Comunitas e Instituto Butantan realizam primeira assinatura para iniciar construção da fábrica da CoronaVac

A Comunitas e o Instituto Butantan assinaram, hoje (17), um acordo de confidencialidade (NDA) com o...

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no...

Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

Projeto liderado pela Comunitas dissemina as boas práticas educacionais de Teresina para Petrolina...

Liderada pela Comunitas, Jornada para Futuros Prefeitos chega na reta final | Saiba como está sendo

Após um mês de aprendizagem, a Jornada para Futuros Prefeitos está chegando ao fim. Lançada em...