Logo Comunitas

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

16/09/2020

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no equilíbrio das contas.

A Comunitas realizou, na última sexta-feira (11), a última reunião da Governança do projeto Municípios em Rede. A iniciativa caracteriza a parceria do Juntos com as prefeituras de Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Guaraí, Colinas, Taguatinga, Paraíso, Miranorte, Taguatinga, São Salvador e Palmeirópolis – formando uma coalizão para melhoria da gestão pública nestas cidades.

Leia também: Comunitas e prefeitura apresentam o Pacto Araguaína pela Paz

O objetivo da reunião foi apresentar os resultados finais do projeto que, ao longo de 11 meses, buscou caminhos de melhorias na gestão pública das cidades – mais especificamente no equilíbrio das contas.

O encontro contou com a presença de prefeitos e representantes de sete municípios integrantes do projeto, com a participação da equipe da Comunitas, além de Juliana Rayel Chequi e Viviane Gurgel, representantes da BRK, e Luciane Pedro e José Magno, representantes da Engie – duas das empresas parceiras da Comunitas em Tocantins.

Leia também: Comunitas apoia Governo do Pará na modernização dos processos de licenciamento ambiental

“Ao trabalharmos em rede, consideramos que teremos um impacto maior e de maneira mais eficiente, pois há também o compartilhamento de experiências e soluções entre as próprias cidades. Nosso objetivo com esse trabalho é buscar soluções e oferecer ferramentas para que as cidades possam prestar melhores serviços para o cidadão”, explicou a diretora de Estratégia e Relações Institucionais da Comunitas, Ronyse Pacheco.

Para os municípios de Araguaína, Colinas do Tocantins, Guaraí, Gurupi, Miranorte, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional e Taguatinga, os primeiros a participarem do projeto, foi realizado um diagnóstico amplo e robusto, analisando mais de 100 possíveis oportunidades em cada um deles, durante 11 meses de projeto.

Leia também: Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

“Foi uma honra para a nossa cidade ter participado desse projeto. Vou sugerir ao meu sucessor na prefeitura que continue a parceria com a Comunitas”, declarou Laurez Moreira, prefeito de Gurupi.

Foram identificadas 160 oportunidades, das quais 18 foram implementadas (sendo 11 concluídas e 7 em andamento) e geraram um resultado de R$ 10,43 milhões, distribuídos em 5 municípios – com destaques para Araguaína (R$ 8,0 milhões), Porto Nacional (R$ 1,3 milhões) e Paraíso do Tocantins (R$ 0,6 milhões).

Leia também: Retomada econômica e educacional são destaques em reunião entre líderes da Comunitas e da Prefeitura de Teresina

“É uma grande conquista atingir o equilibro fiscal em meio a tanta adversidade. Quando todos se ajudam, os resultados são melhores”, disse Lires Ferneda, prefeita de Guaraí.

Além disso, existe um total de R$ 6,8 milhões em ações iniciadas, contudo e não concluídas ainda – mas que as prefeituras tem as condições de implementarem. Ao todo, o potencial para o ano de 2020 é de R$ 17,23 milhões.

Já nos municípios de Palmeirópolis e São Salvador, que passaram a integrar o Municípios em Rede posteriormente, foram 9 meses de trabalho, que também resultou em 34 oportunidades de ganho, sendo 11 priorizadas no total – que podem gerar um ganho estimado de R$ 3 milhões.

Leia também: Comunitas e Governo do Rio Grande do Sul realizam reunião de governança

Somados os dois municípios, foram apontadas 34 oportunidades, das quais 11 foram priorizadas e tiveram ações implementadas e resultaram em um valor atual de R$ 8.400,00. Esse montante se refere às ações já concluídas e que também já entraram nos cofres das prefeituras. Além disso, há um total de R$ 272 mil em ações iniciadas, mas não concluídas – porém que as prefeituras tem capacidade de implementar. Ao todo, o potencial para o ano de 2020 para as duas cidades é de R$ 280 mil.

“Agradecemos muito o apoio da Comunitas pois o projeto vai de encontro com o que o prefeito Moisés Avelino gostaria de deixar de legado para cidade: uma gestão de excelência. Com o projeto da Comunitas foi possível enxergar a possibilidade da eficiência da gestão pública”, afirmou Ingrid Lima, secretária de Administração da Prefeitura de Paraíso.

Os resultados obtidos pelo projeto geraram um retorno de R$ 21 para as cidades para cada real investido pela Comunitas, além de oferecer aos municípios um suporte importante durante um momento de crise.

Últimas notícias:

Comunitas e Prefeitura de Timon realizam reunião de fechamento da Jornada para Prefeitos

A Jornada para Prefeitos está chegando ao fim. A iniciativa liderada pela Comunitas apoiou, ao...

Melhores do ESG da revista Exame: Diálogo entre setores garante ações de longo prazo, por Regina Esteves

Regina participou do painel que abordou o valor da governança compartilhada, durante o Melhores do...

Agenda | Comunitas reunirá prefeitos em conferência de encerramento de jornada

A Jornada de Formação para novos prefeitos da Comunitas está chegando ao fim. A iniciativa...

Em reunião, Comunitas e Prefeitura de Gravatal finalizam participação na Jornada para Prefeitos

A Jornada para Prefeitos está chegando ao fim. A iniciativa liderada pela Comunitas apoiou, ao...

Jornada promove vivência em Reforma Administrativa com o Governo do RS

Encontro integra ações proporcionadas pela Jornada Reforma Administrativa e Gestão de Pessoas,...