Logo Comunitas

Juiz de Fora deve reduzir R$ 7,04 milhões com o Diagnóstico da Folha de Pagamento

09/12/2016

A frente de Diagnóstico da Folha de Pagamento desenvolvida em Juiz de Fora (MG) desde abril de 2015, por meio do Programa Juntos, tem ajudado a cidade a identificar e sanar inconsistências em contratos com empresas terceirizadas e os gastos com servidores comissionados, ao promover uma gestão eficiente dos recursos. A meta de redução das despesas, considerando a administração direta e indireta é de R$ 7,04 milhões – o equivalente a 1,4% de todos os gastos com folha de pagamento da prefeitura. A previsão é que a meta seja alcançada até o fim deste ano.

O trabalho foi iniciado após a implementação da frente de Equilíbrio Fiscal, que busca não só gastar menos – sem prejuízo na prestação de serviços à população, mas também arrecadar mais sem aumento de impostos. A frente Diagnóstico da Folha de Pagamento é mais um reforço no sentido de fazer com que a administração pública alcance o seu objetivo ao avaliar os pagamentos dos benefícios e adicionais que compõem os vencimentos dos servidores, identificando e eliminando inconsistências e possíveis gargalos nos processos, além do cumprimento dos limites previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A frente proporciona a eficiência no emprego dos recursos orçamentários e os resultados são refletidos na prestação de serviços à comunidade, como saúde e educação.

Dentre os benefícios adquiridos com a frente até agora, destacam-se:  a mudança de cultura dos servidores na busca de benefícios para a prefeitura e cidadãos; a correção de servidores que foram contratados inicialmente para atuar na zona rural do município, mas que estavam atuando na zona urbana e continuavam recebendo a gratificação da zona rural; a correção da relação de funcionários que recebiam adicionais de insalubridade ou periculosidade, mas que já estavam alocados em outras funções; maior controle e critério no pagamento de gratificações não obrigatórias  e introdução da biometria em unidades de saúde e em órgãos da administração indireta.

Cartilha de replicabilidade

Os resultados do trabalho que vem sendo realizado em Juiz de Fora podem ser acompanhado na cartilha de replicabilidade Equilíbrio Fiscal: Diagnóstico da Folha de Pagamento. A publicação integra o eixo de Sistematização do programa, contribui para a disseminação de boas práticas e para o aprimoramento da gestão pública e oferece subsídios para a reformulação de processos internos que confiram maior eficiência e qualidade aos serviços públicos. Para baixar a cartilha, clique aqui.

Últimas notícias:

Comunitas modela projeto de apoio emergencial a famílias em situação de vulnerabilidade

Com a experiência adquirida ao longo de 20 anos à frente da Comunitas, Regina Esteves,...

Comunitas inicia mobilização de recursos privados para apoiar famílias em situação de vulnerabilidade em SP

A iniciativa busca unir governo, iniciativa privada e sociedade civil para potencializar esforços...

Transferência de renda vira alternativa para mitigar impactos do coronavírus

Ao menos 30 países criaram novos programas de transferência de renda ou fortaleceram os já...

Depois de bater meta de doações para respiradores, Comunitas busca arrecadação para compra de monitores médicos

Para solicitar o número da conta para depósito, clique aqui e entre em contato com a...

Comunitas arrecada R$ 23,5 milhões e doará 345 respiradores para hospitais do Estado de São Paulo

Em caso de dúvida, clique aqui e entre em contato com a Comunitas. Após quatro dias de intensa...