Logo Comunitas

Governo do RS desenvolve modelo de distanciamento controlado com apoio da Comunitas

22/04/2020

Estratégia mista, modulada e pactuada pretende equilibrar prioridade à vida com retomada econômica

O Governo do Rio Grande do Sul apresentou, hoje (21), um novo modelo de distanciamento controlado, que permitirá a reabertura econômica do Estado por meio de segmentação regional. A abertura será determinada levando em consideração uma relação entre o número de casos confirmados e a capacidade do sistema de saúde de atender pacientes graves.

Leia também: Comunitas modela projeto de apoio à criação de protocolos para ações durante crise em RS, GO, MG e PA

O projeto foi desenvolvido com apoio da Comunitas, e tem como objetivo evitar que os hospitais tenham sobrecarga de atendimento, com cada região tendo o status atual de risco monitorado de forma permanente. De acordo com estudos realizados no Estado, as regiões experimentam diferentes velocidades de transmissão e contam com capacidade de resposta diferenciada. O nível de distanciamento deve ser controlado pela capacidade de resposta da saúde e pelo comportamento da pandemia no território.

“Estamos em um dos momentos mais desafiadores da história do País e a Comunitas, com anos dedicando-se ao fortalecimento da gestão pública, tem expertise para apoiar as decisões tomadas pelo Poder Público, por meio do diálogo entre o setor público, o setor produtivo e científico/acadêmico. Por isso, estamos realizando este trabalho no Rio Grande do Sul, além de Goiás, Pará e Minas Gerais”, explicou a diretora-presidente da Comunitas, Regina Esteves.

Leia também: Comunitas e Governo de MG iniciam projeto de apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

A definição das regiões ficará a critério da Secretaria de Planejamento, em conjunto com Secretaria de Saúde do Estado e a análise de criticidade para cada região levará em conta a capacidade de resposta do sistema de saúde e o nível de transmissão, considerando itens como número de UTIs e ventiladores disponíveis, testes na região e disponibilidade de equipamentos de proteção, e, também, taxa de crescimento de novos casos e casos hospitalizados.

Leia também: Reunião entre Comunitas e Governo do RS debate cenário econômico e medidas de enfrentamento ao coronavírus

A implementação do modelo, prevista para a partir de maio, tem como base o princípio da racionalidade, levando em consideração que o Rio Grande do Sul agora conta com informações do histórico do comportamento do vírus, possui uma maior base de dados, incluindo pesquisa proprietária e inédita sobre a prevalência do vírus (UFPEL), além de um Sistema de Controle de Leitos em 300 hospitais.

“O vírus não vai embora, o vírus está entre nós, vai ter essa circulação ao longo dos próximos períodos. Nós vamos conviver com esse vírus e, portanto, precisamos do apoio da comunidade e da sociedade para evitarmos esse volume de contágio para além da nossa capacidade hospitalar”, afirmou o governador Eduardo Leite, durante apresentação do modelo.

Leia também: “Não é mais tolerável a intensidade e gravidade da desigualdade que vivemos”, diz economista social durante conferência da Comunitas

Para desenvolvimento do modelo, foram considerados cinco pilares estratégicos: saúde como foco; diálogo e transparência; monitoramento intensivo, com dados e projeções; segmentação regional e setorial; e a criação de protocolos para a população, atividades e setores.

 

 

Crédito da foto da capa: Marco Quintana/JC

Últimas notícias:

Governo do RS conquista Prêmio Excelência em Competitividade com reformas estruturantes apoiadas pela Comunitas

Amplo conjunto de mudanças na carreira do funcionalismo venceu na categoria Boas...

Comunitas e Instituto Butantan realizam primeira assinatura para iniciar construção da fábrica da CoronaVac

A Comunitas e o Instituto Butantan assinaram, hoje (17), um acordo de confidencialidade (NDA) com o...

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no...

Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

Projeto liderado pela Comunitas dissemina as boas práticas educacionais de Teresina para Petrolina...

Liderada pela Comunitas, Jornada para Futuros Prefeitos chega na reta final | Saiba como está sendo

Após um mês de aprendizagem, a Jornada para Futuros Prefeitos está chegando ao fim. Lançada em...