Logo Comunitas

Depois de bater meta de doações para respiradores, Comunitas busca arrecadação para compra de monitores médicos

23/03/2020

Para solicitar o número da conta para depósito, clique aqui e entre em contato com a Comunitas.

Após alcançar a meta de R$ 23,4 milhões para a compra de 345 respiradores pulmonares (60 unidades via A.C. Camargo Center), a Comunitas iniciou a arrecadação de doações para a criação de um fundo que tem como objetivo auxiliar a gestão pública a dar respostas emergenciais aos desafios enfrentados frente à pandemia provocada pelo Covid-19, popularmente conhecimento como coronavírus.

A meta agora é arrecadar R$ 3,3 milhões para a compra de monitores multiparâmetros para a instalação de 121 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Estado de São Paulo. Os monitores multiparâmetros são essenciais para combater a pandemia, pois eles medem temperatura, pressão arterial, batimentos cardíacos, e alguns ainda possuem capnógrafos, aparelho que monitora e registra a pressão parcial de CO2 durante respiração, evitando contatos físicos entre equipe médica e paciente.

Leia mais: Comunitas arrecada R$ 23,5 milhões e doará 345 respiradores para hospitais do Estado de São Paulo

Para desenvolvimento da iniciativa, a Comunitas utiliza da experiência adquirida ao longo de oito anos, realizando um trabalho em conjunto com importantes lideranças privadas e públicas, em um modelo que canaliza o investimento privado em ações estruturantes e inovadoras para a administração pública. Com esse trabalho, a Comunitas adquiriu conhecimento para dar mais efetividade e melhor direcionamento às doações, tanto físicas, quanto jurídicas, realizadas para combate à crise de saúde atual.

As ações desenvolvidas pela Comunitas – como a organização das doações de respiradores, partem, sempre, da demanda do governo e, a partir disso, são estipuladas articulações para atender às necessidades e desafios da administração.

“O desafio é gigantesco, pois a crise sanitária que estamos vivendo, se não cuidada com a maior atenção que exige, pode provocar um enorme impacto  com consequências no  desenvolvimento social. É necessária uma articulação entre toda a sociedade para atravessarmos este desafio, e é esse o papel da Comunitas”, explica a diretora-presidente da organização, Regina Esteves, empreendedora social que está à frente da Comunitas há 20 anos.

O fundo abriu para doações hoje (23) e os valores arrecadados serão atualizados no site e nas redes sociais da Comunitas, mantendo o processo de transparência indispensável para a organização.

Leia mais: Comunitas na Veja | O empreendedorismo social de Regina Esteves

 

 

Sobre a Comunitas

A Comunitas é uma organização brasileira dedicada à integração de uma agenda Brasil. Uma instituição sem fins lucrativos, apartidária e independente, formada por uma aliança de lideranças empresariais brasileiras que se dedica a investir tempo e competência técnica, visando a melhoria das administrações públicas brasileiras.

Leia mais: Comunitas na Folha de SP | Investimento social vai além da doação e requer participação

A organização desenvolve ações diretas e sustentáveis em 5 estados e 22 cidades brasileiras. Atualmente, são 71 frentes de trabalho e já foram mais de 304 territórios que replicaram ações realizadas pela organização. Dentre os resultados já conquistados pela Comunitas, está a redução da mortalidade infantil em Santos (SP) e a redução dos índices de violência em Pelotas (RS), além de reformas estruturais realizadas em parceria com governos estaduais.

Todo conhecimento desenvolvido e apreendido pela Comunitas é sistematizado e compartilhado por meio da Rede Juntos, uma plataforma inovadora de conteúdo que distribui abertamente todas as práticas e resultados alcançados para mais de 200 mil servidores públicos por ano.

Por sua metodologia inovadora, a Comunitas tornou-se objeto de estudo da Universidade de Columbia e é a única organização brasileira citada no livro “Social Value Investing: A Management Framework for Effective Partnerships”, aparecendo como exemplo mundial de uma nova maneira de superar antigos desafios socioeconômicos da sociedade. A publicação é de autoria de dois grandes especialistas do setor: Howard W. Buffett e William B. Eimicke.

 

 

Crédito da foto da capa: Carl de Souza/AFP

Últimas notícias:

Parceira da Comunitas, Caruaru conquista prêmio por projeto de redução da violência

Criado pela Prefeitura de Caruaru, o Juntos pela Segurança conta com ações desenvolvidas em...

Governo do RS conquista Prêmio Excelência em Competitividade com reformas estruturantes apoiadas pela Comunitas

Amplo conjunto de mudanças na carreira do funcionalismo venceu na categoria Boas...

Comunitas e Instituto Butantan realizam primeira assinatura para iniciar construção da fábrica da CoronaVac

A Comunitas e o Instituto Butantan assinaram, hoje (17), um acordo de confidencialidade (NDA) com o...

Reunião apresenta resultados finais de trabalho realizado em cidades do Tocantins

Iniciado em 2019, projeto buscou caminhos de melhorias na gestão pública, mais especificamente no...

Trabalho em rede possibilita avanço da educação em Petrolina e Caruaru

Projeto liderado pela Comunitas dissemina as boas práticas educacionais de Teresina para Petrolina...