Logo Comunitas

Comunitas e Governo de SP iniciam pagamento de benefícios para alunos em extrema pobreza

08/04/2020

A verba extra para os estudantes mais carentes será garantida por meio de uma iniciativa da Comunitas, organização brasileira dedicada à inovação na gestão pública.

Foi realizado, hoje, (08), o primeiro pagamento referente ao mês de abril do programa de transferência de renda para estudantes, uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo realizada com apoio da Comunitas.

Leia também: Comunitas inicia mobilização de recursos privados para apoiar famílias em situação de vulnerabilidade em SP

Cerca de 732 mil alunos da rede estadual vão receber subsídio no valor-base de R$ 55 mensais para a compra de alimentos. Durante dois meses, o benefício dobra e passa para R$ 110 a 113 mil alunos em situação de extrema pobreza.

O benefício é oferecido a 732 mil estudantes cujas famílias recebem o Bolsa Família ou vivem situação de extrema pobreza e não recebem o benefício federal, de acordo com o Cadastro Único do Ministério da Cidadania.

Leia também: Transferência de renda vira alternativa para mitigar impactos do coronavírus

A verba extra para os 113 mil estudantes mais carentes será garantida por meio de uma iniciativa da Comunitas, organização social especializada em parcerias público-privadas. O grupo iniciou a mobilização de recursos privados para potencializar esforços e levar renda para as famílias mais vulneráveis do Estado.

Leia também: Renda básica lança luz sobre o desafio ético do nosso tempo, por Fernando Schüler

“A Comunitas acredita que a transferência de renda é a melhor forma de dar mais autonomia e agilidade às decisões do cidadão. Por isso, também estamos estudando a possibilidade de levarmos esse modelo de política pública para outros locais do País”, explica a diretora-presidente da Comunitas, Regina Esteves.

Leia também: “Haverá recursos também para a prevenção da população?”, questiona Regina Esteves em matéria do Jornal O Globo

A Comunitas e o apoio na implementação de ações de enfrentamento à pandemia

Desde o início da pandemia no Brasil, a Comunitas – organização dedicada à integração de uma agenda Brasil há 20 anos, resolveu reunir sua rede e buscar soluções rápidas para a crise enfrentada pela área da saúde no combate ao coronavírus.

Com a experiência de um trabalho realizado há anos junto à governos municipais e estaduais, a organização mapeou os desafios enfrentados pelas gestões, para encontrar as necessidades mais imediatas e encontrar as melhores formas de apoiar, sempre alinhada às estratégias dos governos.

Até o momento, a Comunitas já mobilizou cerca de R$ 26 milhões para a compra de equipamentos de saúde em São Paulo, sendo 345 respiradores, 121 monitores multiparâmetros e 06 ventiladores pulmonares.

Últimas notícias:

Centro de Formação e Economia Criativa de Paraty será lançado em maio

Projeto foi desenvolvido com o apoio da Comunitas e tem o objetivo de se tornar referência para os...

Como resultado da Jornada, Mogi lança pesquisa para servidores públicos

A pesquisa foi uma iniciativa da prefeitura por meio da Jornada realizada pela pela Comunitas para...

Programa para a redução da violência em Pelotas é referência em conferência internacional

Viabilizado com o apoio Comunitas e Open Society Foundation, o Pacto Pelotas pela Paz é case de...

Lucro bruto como um referencial para o orçamento do Investimento Social

Estabelecer o orçamento da área social com base na “proporcionalidade em relação ao lucro...

Empresários, presidente do BNDES e vice-governador de SP estão confirmados em painel do Encontro de Líderes 2021

A programação está em desenvolvimento e novos convidados serão divulgados em breve; 14º...