Logo Comunitas

Comunitas e Governo de MG iniciam projeto de apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

13/04/2020

Os Estados de SP e MG contam com apoio da Comunitas para intensificar esforços e levar renda para famílias de baixa renda. Para doar, clique aqui.

Agora o Governo do Estado de Minas Gerais também conta com o apoio da Comunitas no desenvolvimento de ações de transferência de renda direta para famílias vulneráveis, visando mitigar os impactos provocados pelo coronavírus. A mesma ação já é desenvolvida pela Comunitas em parceria com o Governo de São Paulo.

Leia também: Comunitas e Governo de SP iniciam pagamento de benefícios para alunos em extrema pobreza

O objetivo da iniciativa é mobilizar R$ 7,5 milhões em investimento privado para dobrar o benefício oferecido pelo governo mineiro para alimentação de estudantes da rede pública estadual de ensino. O projeto conta com apoio da UniãoMG.

Serão beneficiados 50 mil alunos que estão em situação considerada de extrema pobreza e não recebem Bolsa Família. A seleção foi feita por meio da política públicas e alinhada com a gestão mineira.

Leia também: “Haverá recursos também para a prevenção da população?”, questiona Regina Esteves em matéria do Jornal O Globo

Como funciona

O Governo de MG oferecerá por meio do Bolsa Merenda um benefício de R$ 50 reais à aproximadamente 380 mil estudantes. Para cerca de 50 mil destes alunos, em situação mais vulnerável e sem Bolsa Família, a Comunitas dobrará o valor do benefício, resultando em: R$ 50 (governo mineiro, durante 4 meses) + R$ 50 reais (Comunitas, durante 3 meses).

Leia também: Comunitas modela projeto de apoio emergencial a famílias em situação de vulnerabilidade

O valor mobilizado pela organização será depositado diretamente para o sistema de transferência da própria política pública, que poderá ser um aplicativo ou cartão físico.

 

 

A Comunitas e o apoio na implementação de ações de enfrentamento à pandemia

Desde o início da pandemia no Brasil, a Comunitas – organização dedicada à integração de uma agenda Brasil há 20 anos, resolveu reunir sua rede e buscar soluções rápidas para a crise enfrentada pela área da saúde no combate ao coronavírus.

Com a experiência de um trabalho realizado há anos junto à governos municipais e estaduais, a organização mapeou os desafios enfrentados pelas gestões, para encontrar as necessidades mais imediatas e encontrar as melhores formas de apoiar, sempre alinhada às estratégias dos governos.

Até o momento, a Comunitas já mobilizou cerca de R$ 26 milhões para a compra de equipamentos de saúde em São Paulo, sendo 345 respiradores, 121 monitores multiparâmetros e 06 ventiladores pulmonares. Além disso, a organização modelou um projeto de apoio emergencial a famílias em situação de vulnerabilidade, que já foi implementado no Estado de São Paulo.

 

 

Crédito da foto na capa: Clayton de Souza / Estadão Conteúdo

 

Últimas notícias:

Ananindeua, cidade do Pará, busca engajamento cidadão através de aplicativo de consulta popular

Engajar a população para saber quais demandas atender é um desafio e tanto para as esferas...

Rio Grande do Sul recebe mais de 1000 sugestões de projetos na Consulta Popular

Com aporte de R$30 milhões, a Consulta deste ano foi realizada de forma 100%...

Comunitas publica primeiro estudo sobre a contratualização do Brasil

O livro Mapa da Contratualização dos Serviços Públicos do Brasil foi escrito em parceria com a...

Jornada para Gestores da Comunitas é transformado em livro

A publicação narra como a Comunitas apoiou líderes públicos a planejarem sua gestão durante e...

Aluna da Escola de Atletismo em Paraty (RJ) participa de Campeonato Brasileiro de Sub-16 em Curitiba

A iniciativa é uma parceria entre a Comunitas e a Prefeitura de Paraty que visa o combate à...