Logo Comunitas

Comunitas e Governo de Goiás realizam reunião com líderes da Governança

22/06/2021

No último dia 14, o Governo do Estado de Goiás se reuniu com a Comunitas para realizar mais uma reunião de Governança. O objetivo do encontro foi alinhar os próximos passos do trabalho que está sendo executado em conjunto e destacar os resultados obtidos com a estratégia traçada.

Leia também: No RS, Projeto Envolver é apresentado a servidores da Serfi

Além da presença do governador Ronaldo Caiado, e da diretora-presidente da Comunitas, Regina Esteves, participaram do encontro virtual um dos membros da Governança da Comunitas, Luiz Ildefonso Simões Lopes, alguns parceiros estratégicos da organização – Cloves Carvalho, Henrique Martins, Luis Henrique Guimarães e Manoel Cintra, e membros da Governança do Programa Juntos, como Teresa Vernaglia e João Alberto Abreu.

“Um dos principais objetivos da Comunitas, é fortalecer uma governança em torno do avanço da gestão pública. Por isso, reuniões como esta são tão importantes”, afirmou Regina.

Leia também: Escritório de Projetos apoia Governo de SP no monitoramento do Programa de Metas

Um dos destaques da reunião foi o trabalho que está sendo feito na frente fiscal, com objetivo de reestruturar a dívida pública do Estado. A iniciativa conta com apoio da Comunitas, por meio da parceria técnica do economista Aod Cunha. Ainda sobre o tema das dívidas, foi destacado o trabalho que está sendo realizado em parceria com a Secretaria de Economia, a fim de se pensar em um programa de reestruturação da dívida junto aos bancos privados.

Para conhecimento do público, Cristiane Schmidt, secretária de Economia, fez uma apresentação sobre o contexto financeiro do Estado goiano. Foram abordados temas como o histórico sobre a questão fiscal e quais estratégias estão sendo utilizadas para reequilíbrio da dívida pública, à exemplo da suspensão do pagamento do serviço da dívida e pedido para entrar no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). A regularização de passivos deixados pela gestão anterior também está sendo renegociada e, além disso, a reforma da previdência apresentou economia de R$300 milhões em 2019 e tem previsão de R$ 500 milhões para 2021.

Leia também: Comunitas finaliza apoio à primeira fase do projeto de modernização da Secretaria de Meio Ambiente do Pará

Em relação aos impactos causados pela pandemia, a secretária citou uma queda significativa na receita corrente líquida, entretanto, mostra-se de 15 a 16% maior que do ano retrasado – ainda sem reflexos do coronavírus.

Ainda na questão da pandemia, o secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, comentou sobre alguns pilares de atuação da pasta, como a regionalização, com aumento da oferta e distribuição de leitos de UTI no interior no Estado. Ismael apresentou os dados sobre a pandemia, como número de óbitos, hospitalizações e testes. “Também agradeço o apoio da Comunitas para a compra de equipamentos hospitalares para auxílio no enfrentamento à pandemia de COVID-19”, disse.

Últimas notícias:

Rio de Janeiro buscou engajamento popular na revisão do Plano Diretor da cidade

Em um cenário de pandemia, a participação de mais de 400 embaixadores do município se mostrou...

Escola de Atletismo e equilíbrio fiscal são destaques em reunião entre Comunitas e prefeitura de Paraty

A reunião de governança da Comunitas é realizada periodicamente entre o Prefeito, secretários e...

Rio Grande do Sul dá início à segunda fase do Projeto Envolver

O projeto, que visa a valorização do servidor para melhorar a qualidade do atendimento ao...

Columbia Global Centers do Brasil lança livro em parceria com a Comunitas

A publicação, lançada no final da tarde de quarta-feira (17/11), traz artigos acadêmicos para...

Caruaru realiza o 3º Fórum Juntos Pela Segurança

O programa, que é apoiado pela Comunitas desde 2019, foi implantado há cinco anos e já conseguiu...