Logo Comunitas

Com apoio da Comunitas, Prefeitura de Juiz de Fora lança Cadastro Digital para contribuintes do IPTU

20/09/2019

O prefeito Antônio Almas e o secretário da Fazenda, Fúlvio Albertoni, apresentaram nesta quinta-feira, 19, em entrevista coletiva à imprensa, o Cadastro Digital da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). No sistema web, os contribuintes proprietários ou possuidores de domínio útil de imóveis e prestadores de serviço autônomo no município, seja pessoa física ou jurídica, deverão atualizar seus dados referentes aos impostos Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN). A Lei nº 13.929, referente ao Cadastro Digital, foi publicada no Atos do Governo desta quinta-feira, 19.

De acordo com Antônio Almas, “a atualização da base cadastral da Prefeitura vai melhorar a arrecadação, sem aumentar o valor dos impostos, e os recursos obtidos poderão ser investidos na vida do cidadão, ao serem aplicados nos diversos setores do Município, como saúde, educação, esporte e outros setores. Além disso, será possível fazer correções no sistema, com as informações fornecidas pelos próprios contribuintes”. O prefeito acrescentou que, “através do aplicativo Colab, o cidadão que possui imóvel cadastrado como lote vago, mas que já tenha edificação, poderá enviar fotos atualizadas, e o lançamento da cobrança devida só será feito a partir de 2020”.

Leia também: Em Juiz de Fora, Governança do Juntos debate participação popular e inovação no serviço público

Fúlvio Albertoni demonstrou, passo a passo, como deve ser feito o cadastro no sistema. Para o secretário, “a implantação do Cadastro Digital retrata a proposta da gestão, de aliar tecnologia à participação popular. Futuramente, as cobranças de impostos poderão ser feitas de forma digital, reduzindo os custos com impressão de carnês e envio pelos Correios”.

Foto: reprodução

Será possível atualizar o endereço de correspondência no Sistema Tributário da PJF e registrar cadastros de Pessoa Física (CPF) e Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), assim como telefone e e-mail para contato. Os contribuintes do IPTU que informarem a existência de edificação em lote vago e o prestador de serviço autônomo que não esteja cadastrado deverão relacionar os dados no sistema digital até 27 de dezembro, para terem seus lançamentos realizados a partir de 2020. Após esta data, o sistema sairá do ar, para que seja feito o processamento dos dados até então fornecidos.

Leia também: Com apoio da Comunitas, Prefeitura de Juiz de Fora lança Orçamento Participativo 2020

O Cadastro Digital também tem como objetivo facilitar a vida do contribuinte no cumprimento de suas obrigações fiscais, podendo realizar a atualização de dados de forma online, através do sistema, com o auxílio do aplicativo Colab, para fornecimento de informações, dispensando a necessidade de realizar as transações com o Fisco Municipal presencialmente.

Outra finalidade do sistema é promover a atualização da base de dados do Município. Estudos realizados pela PJF indicam que cerca de 4.500 carnês do IPTU e do ISSQN são devolvidos, por ano, pelos Correios, devido à inconsistência de dados, em especial aqueles relacionados a endereço de notificação, o que gera prejuízo para os cofres públicos, decorrente do custo da impressão gráfica e envio dos carnês.

Leia também: Dúvida sobre como participar da política? Conheça 5 ferramentas para engajamento da população

O Cadastro Digital poderá ser acessado a partir de segunda-feira, 23, através do portal da PJF, no endereço cadastrodigital.pjf.mg.gov.br, de segunda a sexta-feira, das 7 às 21 horas. Dúvidas referentes ao sistema podem ser sanadas através do e-mail cadastrodigital@pjf.mg.gov.br ou pelo telefone (32) 3690-7632.

 

 

Publicado no portal da Prefeitura de Juiz de Fora.

Últimas notícias:

Comunitas modela projeto de apoio emergencial a famílias em situação de vulnerabilidade

Com a experiência adquirida ao longo de 20 anos à frente da Comunitas, Regina Esteves,...

Comunitas inicia mobilização de recursos privados para apoiar famílias em situação de vulnerabilidade em SP

A iniciativa busca unir governo, iniciativa privada e sociedade civil para potencializar esforços...

Transferência de renda vira alternativa para mitigar impactos do coronavírus

Ao menos 30 países criaram novos programas de transferência de renda ou fortaleceram os já...

Depois de bater meta de doações para respiradores, Comunitas busca arrecadação para compra de monitores médicos

Para solicitar o número da conta para depósito, clique aqui e entre em contato com a...

Comunitas arrecada R$ 23,5 milhões e doará 345 respiradores para hospitais do Estado de São Paulo

Em caso de dúvida, clique aqui e entre em contato com a Comunitas. Após quatro dias de intensa...