Logo Comunitas

Caruaru realiza o 3º Fórum Juntos Pela Segurança

18/11/2021

O programa, que é apoiado pela Comunitas desde 2019, foi implantado há cinco anos e já conseguiu resultados expressivos nos índices de violência do município pernambucano

Na tarde de ontem (17/11), a Prefeitura de Caruaru, parceira da Comunitas desde 2019, realizou o 3º Fórum Municipal Juntos Pela Segurança, programa que foi desenvolvido em 2017. Desde então, o município, que tinha um dos maiores índices de violência de Pernambuco, vem percebendo uma redução significativa desses números.

Durante o evento, foram apresentadas as ações de segurança pública desenvolvidas na cidade e que trouxeram efeitos positivos no quadro de violência local. “O Fórum Juntos Pela Segurança busca a construção de um município seguro e sustentável. Evoluímos muito, mas ainda temos muito a fazer para garantir que os índices sigam diminuindo cada vez mais”, declarou a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.

De acordo com os relatórios do programa, em cinco anos de implementação do projeto, houve uma diminuição de 47,3% nos homicídios na cidade. Já nos crimes de roubo, houve uma queda expressiva no município, atingindo 69% de redução. O evento também contou com mais de 500 inscrições, divididas em sete salas temáticas, para discutir políticas de prevenção. Além disso, 30 entidades participaram do Fórum, para contribuir com novas ideias na prevenção da violência e criminalidade.

Melina Risso, parceira técnica da Comunitas e especialista na área de segurança pública, apresentou quais foram as ações desenvolvidas no município que resultaram nos números obtidos desde a implementação do programa Juntos Pela Segurança. “Não dá para pensar em segurança de uma maneira individual, a gente só faz isso de maneira coletiva, e Caruaru se tornou case de sucesso. A ampliação dos Conselhos de Segurança dos Bairros (Consecs), o programa Ilumina Caruaru, inauguração das três etapas da Via Parque, concurso público da Guarda Municipal depois de 10 anos, criação do Observatório de Prevenção da Violência e requalificação de espaços públicos na cidade, com ações de convivência da população nos locais, foram alguns pontos fundamentais para planejar e fazer uma cidade mais segura. A integração com os órgãos de sistema de segurança e Justiça Criminal permite um salto maior do que já foi feito até aqui”, apontou ela.

O Juntos Pela Segurança busca melhorar a segurança da população, promovendo políticas públicas de prevenção à violência e à criminalidade, bem como atuando de maneira integrada com os órgãos de Justiça Criminal, dos poderes Legislativo e Executivo municipais e da sociedade civil.

De acordo com Melina, o Fórum mostrou o histórico de tudo que a prefeitura vem fazendo em termos de segurança pública, que dá um resultado muito importante em termos de redução de homicídios. Porém, o programa vai entrar em uma nova fase. “Nessa nova etapa do programa, a gente vai focalizar em dados e evidências, através de pesquisas de vitimização e integração dos observatórios, na aplicação da lei, com operações integradas e policiamento orientado à solução do problema, e na prevenção social e situacional, com o fortalecimento de comitês de prevenção para integração de ações”.

Dentre as dimensões consideradas para priorizar as ações do Juntos Pela Segurança, estão a redução de crimes prioritários (no caso, homicídios, roubos, violência contra a mulher e perturbação do sossego), foco em públicos em situação de risco à violência e a priorização de territórios considerados “quentes”. Além disso, também será implementado o Sistema de Governança e Monitoramento, que envolverá o Observatório de Prevenção da Violência, as câmaras técnicas e o Comitê do Juntos pela Segurança, os Comitês Territoriais de Prevenção e o Comitê de Prevenção.

Últimas notícias:

Com apoio da Comunitas, Prefeitura de São Paulo dá início à estratégia de recuperação de aprendizado na rede de ensino

Projeto de Gestão para Resultados busca corrigir déficits do aprendizado dos estudantes, em...

Comunitas divulga as cidades selecionadas para participar do Programa de Transformação da Gestão de Pessoas

O programa de inovação tem início ainda em janeiro e terá 8 meses de duração A Comunitas...

Estado de Goiás adere ao Regime de Recuperação Fiscal

Goiás é o segundo Estado brasileiro a optar por o regime que permite a repactuação do pagamento...

Apoiada pela Comunitas, 1ª agência da Rede Tudo Fácil do interior do RS é inaugurada em Lajeado

A unidade instalada em 626 m² do Shopping Lajeado é piloto de projeto apoiado pela Comunitas, com...

Comunitas prorroga prazo para inscrição na Jornada de Transformação em Gestão Pública

A inscrição no Programa, que visa apoiar municípios no desenvolvimento de soluções para...