Logo Comunitas

Campinas reduz em 81% o tempo de avaliação de pacientes no atendimento da rede pública de saúde

01/11/2017

Sistema responsável pelo aperfeiçoamento na classificação de risco foi uma das melhorias implementadas na rede municipal de saúde campinense, decorrentes da parceria entre a gestão pública e o Programa Juntos.

Foto: Luiz Granzotto

A Prefeitura de Campinas (SP) realizou ontem (31), o evento de apresentação dos resultados obtidos com a plataforma Trius® de classificação de risco, instalada nas unidades de urgência e emergência da rede municipal de saúde. Para chegar à ferramenta, a caminhada iniciou com o Programa Juntos e sua parceria com a gestão pública campinense.

Desenvolvido pela ToLife, o sistema agiliza a classificação de risco nas unidades de urgência e emergência. Desde julho do ano passado, foram instalados 17 TRIUS® nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) São José, Campo Grande e Padre Anchieta, assim como nos Prontos-Socorros dos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde. Esses Trius® se assemelham a um computador, que tem acoplado medidores de glicose, oxímetro, termômetro timpanico e aparelho de pressão. “Esses equipamentos são muito importantes para que possamos, por meio da tecnologia, aperfeiçoar cada vez mais os atendimentos na saúde”, disse o prefeito.

Foto: Luiz Granzotto

A plataforma analisa os dados (queixas) do paciente utilizando o software embarcado, bem como o hardware e seus medidores, conforme patologia do paciente. Dessa forma, a gravidade do caso é classificada com base nas diretrizes do Protocolo de Manchester, que define, por meio de cores, o tempo que o paciente pode esperar por atendimento. Antes do sistema, essa classificação era feita manualmente pelos profissionais de saúde. “O equipamento dá agilidade e segurança para toda a nossa rede”, afirmou o secretário de Saúde de Campinas, Carmino de Souza.

Para utilizar os equipamentos, cem enfermeiros da rede municipal de saúde foram treinados pelo Grupo Brasileiro de Classificação de Risco. O treinamento garantiu aos profissionais um certificado internacional. Com a nova tecnologia e o treinamento, o tempo de avaliação dos pacientes passou de 8 minutos para pouco mais de um minuto e meio – uma redução de 81%. O serviço foi implementado em todos os hospitais e unidades de pronto atendimento e a estimativa é de que 363 mil vidas sejam impactadas pelo serviço por ano. O índice de satisfação da ferramenta pelos usuários (pacientes e enfermeiros) foi de 78%.

Juntos pela inovação na saúde

Desde 2013, o Juntos, por meio do Instituto Tellus, parceiro técnico da frente de inovação em saúde, levou uma série de soluções para melhoria do atendimento e acolhimento para um piloto que se desenvolvia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campo Grande – dentre elas o ToLife.

LEIA MAIS: Campinas reformula Pronto Atendimento Campo Grande

A UPA Campo Grande – localizada em um dos bairros mais populosos da cidade, com cerca de 190 mil moradores – foi reformulada utilizando projeto elaborado baseado em propostas apresentadas pelo Programa Juntos.

Foto: Luiz Granzotto

O local atende cerca de 600 pessoas diariamente e, com a reformulação, os campinenses puderam contar com o primeiro Pronto Atendimento Odontológico da cidade, que funciona, também, nos fins de semana e feriados.

VÍDEO: Parceria entre a Prefeitura de Campinas e o Comunitas é destaque no Jornal Nacional

Além de ampliar o repasse de recursos federais para a manutenção da unidade e, assim, garantir a sustentabilidade do serviço, a transformação proporcionou atendimento em tempo integral à população em casos de emergência de média complexidade, reorganizando a demanda por hospitais na cidade.

Com informações da Prefeitura de Campinas.

Últimas notícias:

Valor Econômico | Comunitas arrecada R$ 50 milhões e deixa legado para saúde pública

Compra de equipamentos para hospitais do SUS absorveu metade dos recursos Por Maria Cândida...

UOL | GUIADA PELO PROPÓSITO: Regina Esteves, diretora-presidente da Comunitas, é destaque no portal UOL

  Em março deste ano, a executiva paulista Regina Esteves fez algo que evitou durante...

Com parceria da Comunitas, GIFE lança infográfico com panorama do Investimento Social brasileiro

O infográfico integra uma iniciativa do GIFE que tem o objetivo de reportar à sociedade...

Comunitas e Prefeitura de Santos realizam reunião entre líderes da Governança

A Comunitas e a Prefeitura de Santos (SP) realizaram, hoje (17), mais uma reunião entre os...

É preciso se reinventar: o que mudou na Comunitas durante a crise da Covid-19?

por Dayane Reis* Nada. E bastante coisa. Na verdade, a gente continua criando estratégias e...