Logo Comunitas

Boas práticas: Diversidade e Inclusão no mundo corporativo

25/06/2021

Nos últimos anos, o país vem passando por diversas mudanças, sejam financeiras ou comportamentais. Pautas e debates que até então tinham pouco espaço, vêm tomando seu lugar e diversos setores estão olhando mais para o tema da diversidade.

Externamente, a pauta é conhecida por todos e ocupa diversas rodas de debate. Contudo, questiona-se: como isso é tratado dentro do mercado corporativo? O BISC 2020 revelou que a temática está ganhando peso por parte, principalmente, dos institutos empresariais, que são responsáveis pelo fortalecimento das relações entre as empresas e as comunidades.

Foto: iStock/Getty Images

Com o crescimento do tema em diversas camadas da sociedade, muitas empresas estão desenvolvendo iniciativas com foco na inclusão e diversidade do público LGBTQIA+. Confira algumas das ações promovidas por algumas das empresas que compõe a Rede BISC:

 

Itaú Unibanco

Desde 2017 o banco vem apostando em ações com foco na diversidade e inclusão. Em parceria com a consultoria Mais Diversidade, o banco Itaú patrocinou por dois anos o edital LGBT+ Orgulho, com foco em projetos na área de diversidade de gênero. Em sua primeira edição ofereceu R$ 200 mil a propostas de caráter cultural, educacional, esportivo ou social, que contemplam o respeito e a valorização da diversidade LGBT. Também foi criado o grupo de afinidade interno Sou como Sou, que fomenta treinamentos, conversas e a revisão de políticas e procedimentos, para que a linguagem dos materiais internos do banco seja inclusiva. Ainda sobre a mesma temática, o banco criou o debate Portas Abertas, que incentiva os colaboradores a trocarem experiências, vivências e percepções sobre o tema, além de estimular um ambiente de segurança e respeito.

Vale

Há alguns anos, a empresa vem apostando em iniciativas de incentivo à equidade de gênero e sexual. Um exemplo disso é a criação de um grupo de afinidade que estimula o debate e a conscientização do tema, além de promover a melhoria da qualidade de vida e dentro do ambiente do trabalho. Além do grupo de afinidade, a empresa desenvolveu o Guia de Direitos Humanos, que dita e orienta os colaboradores, sobre boas práticas a serem trabalhadas internamente.

Neoenergia

A empresa, que tem como um dos pilares principais a Diversidade, está promovendo no mês de junho, uma semana com diversos convidados, com objetivo de discutir os assuntos relevantes na sociedade atualmente contemporânea, como sexualidade, violência contra a mulher, raça, entre outros. Além disso, a Neoenergia está lançando o webapp Junt+s, plataforma exclusiva de compartilhamento de conteúdo, depoimentos e informações, como o número de diversidade na empresa. O App servirá também como um guia de como reconhecer e desempenhar boas práticas socialmente e no ambiente de trabalho.

Votorantim

A empresa internacional de materiais e minerais, se uniu com a Juntos Somos Mais, companhia que gere o maior programa nacional de fidelidade do varejo de material de construção, para lançar uma ação que visa educar microempreendedores de lojas de materiais de construção sobre boas práticas em diversidade e inclusão. Além disso, a Votorantim divulgou a Cartilha de Diversidade e Inclusão, que reúne práticas e iniciativas da companhia, com foco na diversidade e inclusão.

Gerdau

A Gerdau assinou o compromisso com a diversidade assinando, em 2020, a Carta de Adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, que reúne grandes empresas em torno de 10 Compromissos voltados para a promoção dos direitos humanos LGBTI+. Dessa forma, a companhia reforçou seu compromisso com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro.

Coca-Cola

Há uma década, a Coca-Cola possui o Comitê de Inclusão e Diversidade da Coca-Cola Brasil. No início, o foco era em lideranças femininas, mas ao longo dos anos os temas foram ampliando, espelhando necessidades e movimentos da sociedade brasileira. Hoje são quatro os grupos de afinidade que têm representatividade de diversas áreas e diferentes níveis hierárquicos da companhia: LGBTQIA+, Mulheres, Raça e Pessoas com Deficiência (PcD).

Telefônica-Vivo

A empresa de comunicação também possui um grupo de afinidade específico para nossos colaboradores, com realização de reuniões regulares e condução de projetos que auxiliem a incluir as pautas específicas dentro da companhia. Em 2019, passou a ampliar a inclusão de pessoas trans, finalizando o ano com 9 contratações.

Últimas notícias:

Ananindeua, cidade do Pará, busca engajamento cidadão através de aplicativo de consulta popular

Engajar a população para saber quais demandas atender é um desafio e tanto para as esferas...

Rio Grande do Sul recebe mais de 1000 sugestões de projetos na Consulta Popular

Com aporte de R$30 milhões, a Consulta deste ano foi realizada de forma 100%...

Comunitas publica primeiro estudo sobre a contratualização do Brasil

O livro Mapa da Contratualização dos Serviços Públicos do Brasil foi escrito em parceria com a...

Jornada para Gestores da Comunitas é transformado em livro

A publicação narra como a Comunitas apoiou líderes públicos a planejarem sua gestão durante e...

Aluna da Escola de Atletismo em Paraty (RJ) participa de Campeonato Brasileiro de Sub-16 em Curitiba

A iniciativa é uma parceria entre a Comunitas e a Prefeitura de Paraty que visa o combate à...