Logo Comunitas

BISC é pauta da primeira reunião do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial em 2021

03/02/2021

A pesquisa BISC, valiosa ferramenta que orienta o investimento social corporativo, marcou presença no primeiro encontro do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial (GEVE) de 2021.

A apresentação foi realizada por Patricia Loyola, diretora de Gestão e Investimento Social da Comunitas, que teve a oportunidade de apresentar os principais resultados do relatório de 2020 e compartilhar Indicadores de Qualidade dos Programas de Voluntariado, retratados pela última edição do relatório, que embasaram a reflexão dos participantes divididos em diferentes grupos de conversa – conduzidos pelos facilitadores da organização Atados.

Leia também: Com participação do BISC, relatório internacional que mede impacto global dos ESG é lançado

Os 25 indicadores, classificados em 5 categorias, foram construídos de maneira conjunta entre a Rede BISC e as organizações que fazem parte do GEVE.

O encontro virtual reuniu diferentes perfis organizacionais, congregando empresas que possuem uma longa experiência com voluntariado, aquelas que estão iniciando essa jornada, além de organizações intermediárias e de pesquisa do terceiro setor.

Leia também: Comunitas no Valor Econômico | Pandemia fortalece redes de ação social

“O BISC está consolidado como uma das mais relevantes referências para o campo de investimento social corporativo. O objetivo da pesquisa e da Rede BISC é apoiar não somente na construção de dados de apoio à gestão social privada, mas, também, servir de estímulo para o aprimoramento do debate sobre o campo social”, explicou Patricia.

 

Confira abaixo alguns dos pontos levantados pelos participantes do encontro, no que se refere aos programas de voluntariado:

 

  • Utilizar o voluntariado para atuação social em territórios, mesmo que o Investimento Social Corporativo não possua esse locus;

 

  • Dialogar com o setor público é fundamental para que as empresas atuem socialmente de maneira mais eficaz e efetiva nas comunidades, ao mesmo tempo em que interseccionam suas práticas sociais com às políticas públicas, complementando-as;

 

  • Tanto o engajamento da liderança, quanto do médio escalão das empresas, são pontos de atenção para garantir o sucesso dos programas de voluntariado;

 

  • Ouvir e se aproximar dos beneficiários continua sendo primordial para que os projetos atendam eficientemente as demandas da sociedade e do Estado e possam, também, viabilizar análises qualitativas mais assertivas às empresas.

 

 

>>> Confira a apresentação realizada no encontro clicando aqui.

 

>>> Acesse os destaques do BISC 2020 clicando aqui.

 

 

Últimas notícias:

Comunitas lança Jornada Reforma Administrativa em Gestão de Pessoas | Saiba mais

>>> Inscreva-se preenchendo o...

Comunitas na Exame | 7 em cada 10 empresas já avaliam seus funcionários com base em métricas ESG, diz pesquisa

Pesquisa global mostra impactos dos critérios ambientais, sociais e de governança nas empresas e...

RS debate gestão de pessoas e cultura organizacional com a presença de lideranças do governo

Trabalho de mapeamento da cultura organizacional já se encontra em andamento com escutas de...

Regina Esteves na Exame | Governança Ambiental, Social e Corporativa: Por que precisamos falar de ESG?

Já são 59% das empresas que preveem que a responsabilidade pela estratégia ESG (Governança...

BISC 2020 traz dados completos do investimento social corporativo brasileiro

>>> Clique aqui* e confira o relatório BISC 2020 - completo e digital. *Para melhor...

Assine nossa Newsletter:

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

Contato

Tel:(11) 3372-4313

mail: