trabalho-do-juntos-no-tocantins-pode-gerar-ate-r-23-milhoes-em-economia-para-prefeituras

Trabalho do Juntos no Tocantins pode gerar até R$ 23 milhões em economia para prefeituras

Após quatro meses de implementação, o trabalho que busca equilíbrio fiscal na cidade de Araguaína e nos municípios integrantes do projeto Municípios em Rede – uma parceria entre o Programa Juntos e diversas prefeituras do Estado do Tocantins – começa a apontar caminhos para a otimização da gestão financeira das administrações.

Leia também: Municípios do Tocantins passam a integrar a rede do Programa Juntos

Neste tempo, foram realizados dois workshops e diversas visitas aos municípios participantes. Também foram capacitados 51 servidores, além de 32 servidores de todos os municípios dedicados especialmente ao projeto.

Entre os resultados obtidos, está um diagnóstico que indica 30 metas para melhoria das finanças municipais. A análise ainda revelou uma oportunidade de R$ 23 milhões em economia para as prefeituras.

Estes números são compostos pela soma das metas e oportunidades encontradas nos municípios de Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Guaraí, Colinas, Taguatinga, Paraíso e Miranorte e não incluem Taguatinga, São Salvador e Palmeirópolis, que passaram a compor o projeto posteriormente.

Leia também: Programa Juntos avança no Tocantins e novas cidades passam a integrar a rede

Entre as metas sugeridas para as cidades, estão, por exemplo: a criação de setores de compras unificadas com banco de preços municipais; fiscalização do ISS do Simples; implementação da avaliação de imóveis via comissão de ITBI; e a revisão de rotas para otimização e redução de custos do transporte escolar.

As metas foram validadas junto às equipes técnicas das prefeituras, considerando questões como a capacidade de execução pelo município, as limitações impostas pelo período eleitoral e as prioridades do plano de governo dos prefeitos.

Leia também: Segurança Pública entra no âmbito da parceria entre o Programa Juntos e a Prefeitura de Araguaína

Previsto para fevereiro, o próximo passo do trabalho é a realização de um workshop para apoiar os municípios na construção de rotas para a implementação sustentável das metas propostas.

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email