santos-economiza-r-605-milhoes-com-frente-de-equilibrio-fiscal

Santos economiza R$ 60,5 milhões com frente de Equilíbrio Fiscal

Para minimizar os efeitos da crise econômica brasileira, que reduziu drasticamente a arrecadação e transferências de impostos, Santos tem conseguido equilibrar suas contas, desde 2014, realizado por meio do Juntos, com a parceria técnica da Falconi Consultores de Resultado.

De janeiro a outubro deste ano, a cidade obteve uma redução nos gastos com custeio de R$ 60,5 milhões – quase seis vezes acima da meta inicial de R$ 10,3 milhões, até o fim do ano. “No cenário negativo que temos hoje no Brasil, conseguimos recuperar parte deste prejuízo de forma bastante significativa. A meta para 2017 é intensificar ainda mais o trabalho para otimização dos gastos e melhora da arrecadação”, destacou o secretário municipal de Gestão, Fábio Ferraz, durante a reunião do Comitê Gestor do Eficiência Coletiva, no dia 7. Somente o repasse do ICMS à cidade diminuiu, por exemplo, R$ 75 milhões ao estimado para o exercício.

Dentre outros resultados conquistados por meio do Juntos, as despesas da prefeitura tiveram uma redução de R$ 7,3 milhões e as receitas foram ampliadas em R$ 23,4 milhões – que representou uma melhoria do resultado primário (diferença entre receitas e despesas) em R$ 30,7 milhões.  Os recursos economizados com despesas correntes foram utilizados em investimentos e representaram um aumento de 214% na comparação com 2015. Também foi possível investir na área social com a entrega de novos equipamentos na saúde, educação e assistência social.

Programa Juntos

Presente em 12 cidades, o Juntos nasceu a partir de uma reflexão feita por líderes de empresas brasileiras e, a partir disso, foi desenvolvido um modelo inovador de qualificação dos investimentos sociais corporativos e optado pela atuação direta em parceria com administrações municipais. O programa atua na cidade de Santos desde 2013.

 

 

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email