saiba-como-utilizar-incentivos-fiscais-para-melhoria-da-saude-publica

Saiba como utilizar incentivos fiscais para melhoria da saúde pública

Você sabe o que significa PRONAS e PRONON? Antes de mais nada, eles representaram 7% do total investido pelas empresas por meio de incentivos fiscais – um volume de cerca de R$ 32 milhões, segundo dados do relatório BISC 2017.

Leia mais: Bate-Bola |Coordenadora do BISC, Anna Peliano comenta a pesquisa e os investimentossociais corporativos do Brasil

Criados em 2012 pelo Governo Federal para incentivar ações e serviços desenvolvidos por entidades, associações e fundações privadas sem fins lucrativos, no campo da oncologia e de pessoas com deficiência, o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) e o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) vem ganhando espaço entre os incentivos fiscais utilizados pelas empresas. Quando criados, o teto para as deduções do imposto era de R$ 611,8 milhões. Já em 2014, esse valor foi dobrado, chegando até R$ 1,3 bilhão, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Leia mais: PRONON e PRONAS/PCD | alternativa para financiamento de projetos para a área da Saúde com o uso de incentivos fiscais

“Hoje a empresa tem um direcionamento de usar até os últimos centavos de todos os incentivos fiscais e a gente profissionalizou esse trabalho”, disse um representante da área de responsabilidade social de uma empresa do setor de serviço, em entrevista para o BISC. Porém, o mesmo pondera: “É preciso aprovação com mais agilidade pelo governo para os projetos via PRONAS e PRONON e com um prazo maior para captação”.

E por que utilizar os incentivos fiscais? Porque é uma estratégia que permite à empresa ampliar o seu orçamento para a área social, de alinhar os seus investimentos às agendas públicas e consolidar os compromissos da corporação com a sociedade.

 

Confira todos os resultados do BISC 2017, que acompanhou o compromisso social corporativo dos últimos 10 anos, clicando aqui.

 

Anna Peliano | BISC – 10 ANOS EM 10 MINUTOS

 

Deixe um comentário:

Deixe um comentário

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email