rede-bem-cuidar-3-anos-de-um-novo-conceito-em-saude-publica

Rede Bem Cuidar: 3 anos de um novo conceito em saúde pública

“É um lugar é para estimular a saúde e não só para tratar da doença”, essa frase da atual prefeita de Pelotas (RS), Paula Mascarenhas, resume bem o que é a Rede Bem Cuidar.

Foto: Prefeitura de Pelotas

Resultado de uma parceria entre o Programa Juntos e a prefeitura pelotense, com assessoria técnica do Agência Tellus – a Rede Bem Cuidar foi construída coletivamente a partir de ações que valorizem não somente o saber técnico, mas que priorizem cuidado nas relações humanas, resgatando a confiança no atendimento público, tornando-se um agente propulsor de mudanças em todos os níveis de atendimento à saúde.


O acolhimento demonstra atenção com as pessoas Helena Tavares, cidadã pelotense, durante lançamento da unidade Guabiroba


O processo de cocriação que envolveu população, servidores e gestores da área da saúde na definição de avanços na saúde pública municipal, com serviços inovadores e uma estrutura física focada no acolhimento dos usuários.

Com três Unidades Básicas de Saúde (UBS) em pleno funcionamento – Bom Jesus, Simões Lopes e Guabiroba – além da inauguração da quarta unidade prevista para fevereiro de 2018, na UBS Sanga Funda, a Rede Bem Cuidar mudou a vida de parte dos mais de 340 mil habitantes de Pelotas. “O trabalho que eu tinha para pegar dois ônibus e buscar meus remédios no Centro, hoje faço a três quadras da minha casa com um atendimento nota dez”, conta Suelma Garcia, cidadã pelotense.

O projeto tem, atualmente, 118 profissionais trabalhando no atendimento de mais de 9 mil pessoas mensalmente, em consultas médicas, enfermaria, acolhimentos e farmácia. Atendimento esse que é enaltecido, como demonstra Helena Tavares, moradora da Guabiroba há 14 anos: “a mudança foi maravilhosa, principalmente porque os idosos não precisam mais enfrentar filas ou se expor a longas esperas. As novas instalações e o atendimento mudaram completamente. A qualidade chegou por aqui, o acolhimento é muito positivo e demonstra atenção com as pessoas”.


A Rede oferece essa estrutura diferente e ainda possui ações de integração Aline Geppert, coordenadora da Rede Bem Cuidar


O elogiado atendimento tem motivo: os locais contam com consultórios odontológicos e atendimento psicológico, farmácia distrital – que distribuem para a população diversos medicamentos de alto custo, horta, cozinha experimental e academia ao ar livre. Há, também, salas de espera especiais – com cadeiras confortáveis, ar condicionado e televisão. Tudo isso pensando em prevenir, além de que curar.

Foto: Agência Tellus

Por elevar a qualidade dos serviços ofertados e focar em ações que contribuam para a prevenção de doenças, a Rede Bem Cuidar ganhou destaque nacional e internacionalmente. A iniciativa foi eleita a 2ª melhor experiência em saúde pelo prêmio InovaSUS, do Ministério da Saúde, em 2015. O projeto também recebeu premiação do Centro de Design Ativo de Nova Iorque, nos Estados Unidos, em 2016, sendo uma das 12 experiências reconhecidas mundialmente – a única brasileira.

Também houve a criação do Núcleo de Ideias Rede Bem Cuidar, um laboratório de educação permanente para construir as diretrizes e idealizar propostas que possam ser implantadas, aos poucos, e qualificar cada vez mais a atenção básica. Participam trabalhadores das Unidades Básicas de Saúde que integram a Rede Bem Cuidar, além de professores dos cursos de Odontologia e Enfermagem da UFPel e parceiros do programa.

Foto: Folha de São Paulo

“A Rede Bem Cuidar quebra aquele paradigma de que os postos de atendimentos são pequenos, escuros, e não proporcionam um ambiente bacana. A rede oferece essa estrutura diferente e ainda possui ações de integração”, comenta a coordenadora da Rede Bem Cuidar, Aline Geppert.

Três anos cuidado do cidadão em rede. Três anos da Rede Bem Cuidar.

 

Com informações da Prefeitura de Pelotas.

Deixe um comentário:

Deixe um comentário

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email