Copyright © 2017 - Comunitas
parceria-inovadora-entre-o-juntos-e-o-governo-do-para-focara-em-acoes-de-aprimoramento-da-gestao-dos-municipios

Parceria inovadora entre o Juntos e o Governo do Pará focará em ações de aprimoramento da gestão dos municípios

Com 12 cidades integrantes – como São Paulo, Salvador e Curitiba – e atingindo mais de 24 milhões de cidadãos, o Juntos, agora, ampliará suas ações.

 

Foto: Governo do Pará

Dando mais um passo em direção à ampliação dos impactos positivos já obtidos nas cidades integrantes do Programa Juntos, a Comunitas firma uma parceria inovadora com o Governo do Estado do Pará, com objetivo de auxiliar os municípios paraenses no aprimoramento e fortalecimento da gestão fiscal. O detalhamento da cooperação será realizado hoje (30), durante a segunda reunião do Fórum Permanente de Prefeitas e Prefeitos dos Municípios Sustentáveis, na cidade de Belém.

A iniciativa está no escopo do Programa Municípios Sustentáveis (PMS), projeto estadual de fomento ao desenvolvimento municipal a partir de planejamento integrado, governança interfederativa, assistência técnica e sistema de financiamento da infraestrutura tanto público, quanto privado.

As ações serão realizadas por meio do Programa Juntos, que reúne alguns dos maiores líderes brasileiros do setor privado, empenhados em investir recursos financeiros, experiências e competências técnicas, com a proposta de mostrar que a iniciativa privada, a sociedade e os municípios, unidos, podem investir em inovação, promovendo impactos realmente transformadores na realidade dos municípios brasileiros. O Juntos atuará por meio do seu núcleo de replicabilidade e parceiros técnicos especializados em gestão.

Liderado pela Comunitas, o Juntos conquistou experiência e resultados animadores em sua existência, com destaque para essa área que busca o equilíbrio fiscal nas cidades. Para ter ideia, o ganho estimado para os municípios, com o ajuste fiscal, ultrapassou R$ 500 milhões em dezembro de 2015, segundo estimativas da Falconi Consultores de Resultados.

Somente em Campinas (SP), no primeiro período de desenvolvimento da frente de Equilíbrio Fiscal, em 2014, a administração municipal arrecadou R$ 326 milhões acima dos gastos em 2013 e registrou superávit orçamentário no primeiro ano da nova gestão. Já em 2015, o superávit atingiu R$ 120 milhões.

Ou seja, para cada R$ 1 investido pelo programa, houve o retorno de R$ 40,87 para a cidade, valores que se consolidaram em benefícios para a população, principalmente em áreas de maior demanda, como educação, saúde e melhorias urbanas.

“O Juntos acredita no poder da troca entre as cidades e nelas como locus de transformação. Os servidores públicos municipais são atores importantes dessa mudança. Através da replicabilidade das nossas frentes e da troca constante de conhecimento entre servidores, parceiros e sociedade civil, visamos contribuir para que outras cidades consigam alcançar resultados significativos, tendo como base o trabalho em rede e o alto conhecimento técnico acumulado na Comunitas e nos municípios parceiros do Juntos”, explica a diretora-presidente da Comunitas, Regina Célia Esteves de Siqueira.

Atualmente, o Programa Juntos está presente nas cidades de São Paulo (SP), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Campinas (SP), Petrolina (PE), Caruaru (PE), Curitiba (PR), Juiz de Fora (MG), Paraty (RJ), Pelotas (RS), Santos (SP), Teresina (PI), Itirapina (SP) – atingindo mais de 24 milhões de cidadãos.

Sobre a Comunitas

A Comunitas é uma organização da sociedade civil brasileira que tem como objetivo contribuir para o aprimoramento dos investimentos sociais corporativos e estimular a participação da iniciativa privada no desenvolvimento social e econômico do país. A convicção da Comunitas é de que as empresas brasileiras podem contribuir para a superação dos problemas de ordem econômica e social em diferentes regiões do país, aportando conhecimento especializado e ferramentas de gestão que podem garantir maior eficiência ao setor público e, assim, colaborar decisivamente com o desenvolvimento social do País.

Deixe um comentário

Facebook