paraty-e-quarta-cidade-da-rede-juntos-a-receber-titulo-da-unesco

Paraty é quarta cidade da rede Juntos a receber título da Unesco

A cidade de Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro, recebeu no último dia 31 o título de Cidade Criativa para a Gastronomia, concedido pela Unesco.

A rede de cidades criativas da Unesco soma 180 municípios em 72 países. Além de Paraty, ingressaram na rede Brasília, na categoria design, e João Pessoa, na categoria artes e cultura.

A construção da candidatura de Paraty como Cidade Criativa para a Gastronomia incluiu três projetos apoiados pelo programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável no município – a construção do Mercado de Peixe, o projeto do Cefec (Centro de Formação e Economia Criativa) e a Escola de Comer.

O Mercado de Peixe integra a obra de revitalização do Cais de Pesca de Paraty e seu projeto arquitetônico foi elaborado pela BAA Arquitetura, parceira técnica do Juntos.

O projeto arquitetônico do Cefec está em fase final de elaboração pela parceira técnica do Juntos, a Gama Arquitetura. Sua estruturação, com oferta de cursos regulares de gastronomia, é um dos compromissos de Paraty com a rede de cidades criativas da Unesco.

A Escola de Comer engloba todos os projetos para a requalificação da merenda escolar em Paraty. A proposta tem o apoio do Juntos e será tema de uma cartilha de replicabilidade em fase final de elaboração, com o apoio da Fundação Cargill.

Para a elaboração da proposta encaminhada à Unesco, a equipe da Secretaria de Cultura de Paraty também participou de uma ação de replicabilidade promovida pelo Programa Juntos em Santos (SP), onde os técnicos da prefeitura explicaram como foi construída a candidatura focada no cinema.

A rede de cidades criativas foi criada em 2004 pela Unesco e as cidades eleitas recebem o título com base em “práticas inovadoras para promover uma indústria criativa, reforçar a participação na vida cultural e integrar a cultura na sustentabilidade urbana de políticas de desenvolvimento”.

Agora, já são quatro cidades apoiadas pelo Juntos que integram a rede da Unesco – Curitiba (design), Santos (cinema), Salvador (música) e Paraty.

A secretária de Cultura de Paraty, Cristina Maseda, disse que o título da Unesco vai estimular o setor gastronômico, do produtor rural até a mesa, e criar novas oportunidades para a geração de emprego e renda no município.

 

 

Foto: blog História e Viagem

Deixe um comentário