Vamos ampliar os impactos dos investimentos sociais privados?

Realizada anualmente, desde 2007, a pesquisa Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) foi a percursora das atividades desenvolvidas pela Comunitas.

O BISC é uma valiosa ferramenta que traça parâmetros e comparações sobre o perfil do investimento social privado no Brasil, acompanhando a evolução dos compromissos sociais das empresas participantes, que acreditam na sua parcela de responsabilidade na proteção do meio ambiente e geração de solidariedade social.

O objetivo do relatório BISC é aprimorar a gestão social privada, qualidade e impacto do investimento social, influenciando, decididamente, na eficácia do gasto social, permitindo que o responsável pelo investimento compreenda como e onde investir de forma mais aperfeiçoada. Além disso, por meio de uma parceria abrangente e inovadora com o CECP e com The Global Exchange, consegue-se comparar esses investimentos aos padrões internacionais e promover uma convergência mundial, reunindo os mais expressivos líderes empresariais em prol do desenvolvimento social.

Com a pesquisa, também é possível verificar o impacto nos públicos e desenvolver metas para maximizá-los, além de identificar possíveis desafios futuros. Como resultado, transformações mais significativas na qualidade de vida das comunidades e promoção de maior aproximação da empresa com a sociedade.

O BISC é, também, uma ferramenta aberta, em processo permanente de aperfeiçoamento. Novos temas, questões e possibilidades de comparação são incluídos todos os anos de acordo com o interesse das empresas parceiras. São acrescentadas novas análises sobre tendências, prioridades emergentes e influência do cenário econômico sobre o investimento social privado.

Com isso, é possível aferir a evolução dos compromissos sociais das empresas participantes, extrair a percepção dos gestores sobre a qualidade das aplicações, buscar novos temas para subsidiar a formulação de estratégias e melhorar a contribuição para o desenvolvimento do país.

 

Porque investir socialmente e analisar os impactos?

Segundo pesquisa divulgada em 2017, realizada pela Union + Webster International, especializada em diagnósticos sobre marcas e hábitos de consumo, os brasileiros são os consumidores mais conscientes do mundo – 87% dos brasileiros pesquisados informam que preferem comprar produtos ou serviços de empresas com responsabilidade social reconhecida, superando a média mundial em 77%. Além disso, os consumidores brasileiros não se importam em pagar até 10% a mais pela mercadoria dessas organizações.

Compreender o rumo dos investimentos sociais é fundamental no mundo corporativo como estratégia e análise do mercado. O BISC proporciona um mapeamento único no país, com sinalização das maiores tendências na área social, permitindo às empresas avaliar o alcance de seus investimentos, sendo um instrumento de análise e qualificação do investimento social corporativo. A pesquisa busca, cada vez mais, tornar-se um guia de gestão do investimento social, para empresas e institutos.

A pesquisa oferece aos seus parceiros uma plataforma online para preenchimento do questionário e monitoramento das respostas de anos anteriores. Há ainda workshops e encontros para discussões acerca dos resultados obtidos, além de um relatório anual impresso, junto a uma versão de destaques. Além disso, os parceiros do BISC são automaticamente convidados ao Encontro de Líderes promovido pela Comunitas, que reúne os maiores líderes empresariais do Brasil.

Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.