no-orcamento-participativo-de-juiz-de-fora-populacao-decide-por-construcao-de-escola

No Orçamento Participativo de Juiz de Fora, população decide por construção de escola

Juiz de Fora é a segunda cidade que realiza Orçamento Participativo por meio do apoio do Programa Juntos.

A população votou e decidiu que a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) deve investir R$ 1,5 milhão na construção de uma escola de educação infantil para crianças com idade entre 3 e 5 anos. O Orçamento Participativo (OP), mecanismo democrático de participação popular, voltou a ser adotado pela Administração Municipal após 15 anos da última utilização.

Leia também: Com apoio da Comunitas, Prefeitura de Juiz de Fora lança Orçamento Participativo 2020

A consulta pública que impactará o orçamento de 2020 foi feita pelo aplicativo gratuito Colab, entre os dias 6 de agosto a 30 de setembro. No total, 1.537 pessoas participaram, sendo 55% homens e 45% mulheres, de 180 bairros de todas as regiões de Juiz de Fora.

Para o prefeito Antônio Almas, mais do que o resultado pela execução da obra, o projeto oferece um diagnóstico das opiniões da população. “O Orçamento Participativo é a voz do cidadão no investimento dos recursos públicos. Não há outro caminho para uma gestão eficiente senão a colaboração do cidadão, o compromisso social e a participação popular. A escolha pela construção da escola mostra a prioridade que o juiz-forano dá à educação”.

A opção vencedora foi defendida por 34,2% dos usuários. Em segundo lugar, ficou a revitalização de uma unidade de atendimento à saúde, com 27,7% dos votos. As demais opções de projetos a serem executados eram: revitalização de parte do Complexo Mascarenhas (Praça Antônio Carlos e Mercado Municipal); construção de calçadões para pedestres nas ruas Marechal Deodoro e Batista de Oliveira; revitalização da Praça da Estação; ampliação de programas sociais, culturais e esportivos, como Núcleo Travessia, Gente em Primeiro Lugar e Bom de Bola; e a realização de eventos culturais, como Carnaval e festas temáticas.

Leia também: Com apoio da Comunitas, Prefeitura de Juiz de Fora lança Cadastro Digital para contribuintes do IPTU

Outros resultados apurados através dos sete questionamentos respondidos no Orçamento Participativo poderão servir de base para a construção de políticas públicas e para o direcionamento de recursos para os orçamentos nos próximos anos. A população apontou, por exemplo, que o maior problema da cidade atualmente são questões relacionadas a obras e manutenções, como asfaltamento e cuidados com áreas públicas. Já na pergunta que aborda as áreas a serem consideradas prioritárias para aplicação de recursos públicos, as opções defendidas pela população são saúde (26,9%) e educação (23,4%).

“Isso vai ao encontro do que temos feito e acreditamos ser prioritário para o cidadão. Sabemos da necessidade de investimentos em zeladoria, como tapa-buracos e capina. Mas, devido às dificuldades financeiras, temos priorizado o custeio e a manutenção dos serviços de saúde e educação”, pontuou o prefeito.

Leia também: Dúvida sobre como participar da política? Conheça 5 ferramentas para engajamento da população

O recurso destinado ao OP será alocado no orçamento da Secretaria de Educação no Projeto da Lei Orçamentária Anual a ser enviado para a Câmara Municipal, para execução da obra em 2020.

“Gestão Inteligente”

A adoção do Colab pela PJF é uma ação do “Gestão Inteligente”, nome adotado na cidade no programa “Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável”, liderado pela Comunitas e presente em mais de dez cidades no país. Seu objetivo é a melhoria constante na prestação dos serviços públicos.

A plataforma Colab, que é de utilização livre e gratuita, já foi utilizada para pesquisas no mesmo sentido nas cidades de Santos, no estado de São Paulo, e de Teresina, capital do Piauí. A Organização das Nações Unidas (ONU) também utilizou a plataforma recentemente para ouvir a população brasileira. Para evitar registros duplos e perfis falsos, o cadastro do Colab exige e certifica a veracidade de dados como o Cadastro de Pessoa Física (CPF) do usuário.

 

 

Postado integralmente no portal da Prefeitura de Juiz de Fora.

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email