Copyright © 2017 - Comunitas
jovens-sao-os-protagonistas-da-transformacao-brasileira

Jovens são os protagonistas da transformação brasileira

51 milhões de brasileiros são jovens. Ou seja, ¼ da população do país está vivendo entre seus 15 e 29 anos, segundo pesquisa do IBGE, em 2014. Para eles, o maior problema no país – disparado – é a violência e a falta de segurança, seguido por desemprego. Ainda segundo a pesquisa, os jovens brasileiros anseiam discutir temas como desigualdade social, pobreza, drogas, violência, além de política, cidadania e educação.

Permeando sonhos e grandes desafios na sociedade, a Comunitas acredita que a juventude está motivada para mudar o país, sendo protagonista na construção da sua própria história.

Com 75% dos jovens aptos para votar, segundo estimativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a juventude brasileira quer mais participação na construção política e nas decisões do poder público. Para eles, e toda população da cidade, a Prefeitura de Teresina (PI) lançou o desafio: “Como a juventude pode contribuir para reduzir o consumo de drogas e construir uma cultura de paz?”, com apoio do Programa Juntos.

A ideia teve foco inicial ações de enfrentamento à violência juvenil, convidando a população para apresentar propostas ao poder público. O objetivo era reduzir o índice que revela que 65% das vítimas de homicídio da cidade são jovens, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Piauí, em 2013.

Como resultado, o desafio lançado recebeu cerca de 30 mil acessos, 173 propostas e mais de 5 mil votos por meio da plataforma Teresina e-você. As 10 soluções mais votadas receberam R$ 5 mil cada, para seu desenvolvimento, e os jovens que propuseram as ações ganharam mil reais, como incentivo.

Inclusive, o novo campeão brasileiro de atletismo Sub-18, Artêmio do Nascimento, treina em projeto social selecionado pela  plataforma e-você.

Lembra-se dos 51 milhões de jovens brasileiros do início do texto? Mais de 4 milhões deles, entre 18 e 24 anos, estão fora do mercado de trabalho, segundo dados do IBGE, em 2017. Lá em Paraty (RJ), a prefeitura busca enfrentar esse desafio unindo necessidades: com a carência de operários para trabalhar em obras da cidade e, também, no porto, havia a chance de formar profissionalmente jovens para suprir essa lacuna, gerando emprego e renda.

Então, a prefeitura, com apoio do Juntos, em parceria técnica do Galpão Aplauso, ofereceu gratuitamente os cursos de auxiliar de infraestrutura e auxiliar de serviços náuticos. No total, desde 2015, 112 jovens já passaram pela formação. E uma nova turma de auxiliar de serviços náuticos está em andamento.

Lembra-se que a Comunitas aposta na juventude como peças-chaves na mudança do Brasil? Eles foram atores principais na reformulação do Espaço Experimental de Cultura | Cinema da Praça. Com apoio do Programa Juntos, a Prefeitura de Paraty reuniu cerca de 60 jovens em oficinas de cocriação, que resultaram na transformação do local em um espaço de valorização da população e da cultura paratiense, promovendo o desenvolvimento de atividades artísticas na cidade.

Dar voz aos jovens é um desafio contínuo da parceria do Juntos com Paraty. Após uma roda de escuta, foi constatado que para os jovens a prevenção à violência em Paraty passa, necessariamente, pela criação de canais de diálogo entre eles e o poder público.

Foi a vez do Juntos apoiar a criação da Coordenadoria de Juventude da Prefeitura de Paraty, 2017. Desde fevereiro, já foram realizadas três rodas de escuta com os jovens e um primeiro encontro de formação. A meta é constituir, até o final do ano, o Conselho Municipal de Juventude, para construir e potencializar as demandas da juventude paratienses.

Hoje em dia, o jovem está cada vez mais consciente do seu papel na transformação brasileira. E a intenção da Comunitas é apoiá-lo para que, cada dia mais, esteja disposto a fazer a diferença, quebrando limites físicos e sociais e impactando a realidade do espaço em sua volta.

Compartilhe com os amigos:

Facebook