escola-de-comer-incentiva-criacao-de-hortas-e-conteudo-pedagogico-em-paraty

Escola de Comer incentiva criação de hortas e conteúdo pedagógico em Paraty

Com o apoio do Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável, o programa Escola de Comer, de Paraty, avança na estruturação de hortas comunitárias nas escolas do município e na transformação das experiências do projeto em conteúdo pedagógico.

Cinco escolas já estão com hortas implantadas – Casa da Criança, Laranjeiras, Patrimônio, Graúna e Cabral, e outras quatro estão em construção.

As hortas são implantadas com a ajuda dos padrinhos das escolas. A meta é incluir os produtos no cardápio da merenda escolar e proporcionar aos alunos uma vivência diferenciada nas escolas.

A coordenadora da Escola de Comer, Ana Bueno, afirma que, na zona rural, as hortas reforçam os lanços entre os alunos e seus pais, já que muitas famílias mantêm a tradição de cultivar hortas em casa.

Em outra frente do projeto, a pedagoga e idealizadora do Programa Compasso, Ana Luiza Colagrossi, esteve em Paraty para discutir com os padrinhos as diretrizes do conteúdo pedagógico da Escola de Comer. A meta dos idealizadores do projeto é dar sustentabilidade à iniciativa, fazendo com que o debate sobre a alimentação saudável e a requalificação da merenda passe a fazer parte do currículo das escolas municipais a partir de 2018.

Os padrinhos e representantes da Secretaria Municipal de Educação estão coletando dados que julgam essenciais para integrar o conteúdo pedagógico da Escola de Comer e Ana Colagrossi fará a “tradução” para a linguagem pedagógica.

Deixe um comentário