escola-de-atletismo-promove-engajamento-de-alunos-em-paraty

Escola de Atletismo promove engajamento de alunos em Paraty

Com apoio do Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável, a Escola de Atletismo de Paraty iniciou uma nova etapa esta semana, com um trabalho de engajamento de alunos específico na Escola Parque da Mangueira.

Crédito Lucas Cordeiro3

O trabalho coordenado pelo professor Paulo Servo tem o objetivo de promover atividades de atletismo nas escolas e identificar estudantes que podem se engajar no projeto da Escola de Atletismo.

A Escola de Atletismo de Paraty iniciou suas atividades em dezembro de 2016, com a promoção de atividades gratuitas de atletismo para alunos da rede pública de Paraty, na faixa entre 7 e 18 anos. As aulas acontecem diariamente no estádio municipal Antonio Mário Pompeu Nardelli.

Em fevereiro deste ano, como forma de ampliar a participação de alunos da rede pública, a Secretaria de Educação e o coordenador da Escola de Atletismo, Paulo Servo, definiram a realização de uma “peneira” específica de atletismo nas principais escolas do município. O professor passou a atuar em conjunto com os profissionais de educação física da rede municipal para identificar alunos com potencial para o projeto.

Na primeira etapa de engajamento de estudantes da rede pública, o professor Paulo Servo identificou 100 alunos da Escola Pequenina Calixto que têm aptidão e interesse em participar da Escola de Atletismo.

O professor Paulo Servo e a Secretaria Municipal de Educação avaliam agora qual será o suporte necessário de infraestrutura para garantir a participação dos alunos da Pequenina Calixto nas atividades da Escola de Atletismo.

Uma reunião de alinhamento do projeto, no dia 16 de março, definiu que os pais dos alunos selecionados serão convidados para um encontro com as equipes da Escola de Atletismo e da Secretaria de Educação, quando eles receberão mais informações sobre as atividades de atletismo.

“Identificamos alunos com potencial para ser campeões brasileiros de atletismo. E a prática de esportes também vai ser muito importante para as famílias desses estudantes”, afirma o professor Paulo Servo.

 

Foto: Lucas Cordeiro