enap-abre-inscricoes-para-especializacao-em-desenvolvimento-local-e-ods

ENAP abre inscrições para especialização em Desenvolvimento Local e ODS

Com o apoio da Comunitas, especialização tem objetivo de contribuir para a ampliação das capacidades dos municípios brasileiros em promover estratégias de desenvolvimento que dialoguem com as diretrizes da ONU.

Foram prorrogadas, até o dia 22 de outubro, as inscrições para participar do processo seletivo para a Especialização em Desenvolvimento Local e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, uma iniciativa promovida pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) – entidade federal vinculada ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, que conta com apoio da Comunitas.

Leia também: Com participação de mais de cem gestores, especialização da ENAP apoiada pela Comunitas chega ao fim

O curso tem como objetivo contribuir para a ampliação das capacidades dos municípios brasileiros em promover estratégias de desenvolvimento local, a partir do aperfeiçoamento da gestão pública e do aprimoramento da elaboração de políticas públicas que dialoguem com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos no âmbito da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas.

Leia também: Francisco Gaetani, presidente da ENAP, aborda a importância e os desafios da formação de lideranças públicas

A carga horária mínima do curso é de 408 horas, composta por 17 disciplinas a serem cursadas em dois blocos. O primeiro bloco ocorrerá entre os dias 5 de novembro e 7 de dezembro desse ano, enquanto que o segundo bloco ocorrerá entre os dias 11 de março a 18 de abril de 2019. O aluno terá o prazo de 120 dias para entrega do trabalho de conclusão do curso (TCC) após o término das aulas.

Serão ofertadas 100 vagas, e, para ingresso no curso, o candidato deverá ser aprovado em processo seletivo, que contempla as seguintes etapas: habilitação do candidato; análise e avaliação curricular; e análise e avaliação da carta de intenções.

Leia também: De olho nas eleições | Desafio 4: promover a capacitação dos servidores públicos

A capacitação tem como público-alvo servidores públicos que estejam em exercício no âmbito do poder executivo da administração pública municipal/distrital de municípios com mais de 20 mil habitantes, conforme detalhado a seguir: servidores municipais/distritais efetivos ou comissionados; empregados públicos municipais/distritais; servidores ou empregados de consórcios municipais (ou cedidos a consórcios municipais) que atendam minimamente a um conjunto de 20 mil habitantes.

 

Para se inscrever, clique aqui.

Confira o edital retificado clicando aqui.

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email