em-paraty-comunitas-participa-da-flip

Em Paraty, Comunitas participa da Flip

O Circuito Paralelo de Ideias – Off Flip 2017, programação realizada colateral à tradicional Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), foi palco de uma mesa de debates organizada com o apoio do programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável, com o tema “Juventude e Prevenção à Violência”, realizada no último sábado (29).

A roda de conversa foi coordenada pela diretora-presidente da Comunitas, Regina Célia Esteves de Siqueira, e contou com a participação do prefeito Carlos José Gama Miranda (Casé), da secretária de Cultura, Cristina Maseda, e do coordenador municipal de Juventude, Lucas Cordeiro, além da presença de representantes de parceiros técnicos e estratégicos do Juntos em Paraty. Cerca de 60 pessoas acompanharam a mesa, que teve participação aberta ao público, e foi realizada na Casa da Música da cidade.

É importante a parceria do Juntos com a Prefeitura de Paraty para dar sustentabilidade às ações de médio e longo prazos em áreas essenciais para o futuro do município, como a educação, além da centralidade do debate sobre o fortalecimento da juventude

Regina Esteves

Durante o encontro, foram apresentadas as iniciativas realizadas em Paraty, com apoio do Juntos. É o caso da Escola de Atletismo, que tem objetivo de promover atividades de atletismo nas escolas, resultando em mais uma ferramenta de prevenção à violência.

“A prática de esportes complementar à grade escolar pode ser uma ferramenta importante de engajamento da juventude e de prevenção à violência”, concorda Daniel Cywinski, diretor da Associação Cairuçu, que também participou da roda.

Outro destaque ficou para o Programa Compasso, projeto apoiado pelo Juntos que vem sendo aplicado em diversas escolas da rede municipal, estimulando as habilidades socioemocionais e à empatia entre os alunos, melhorando o ambiente escolar e fortalecendo o ensino.

Ainda na mesa de debate, foi apresentado ao público o Centro de Formação e Economia Criativa (Cefec), que pretende tornar-se um espaço de convivência e de formação profissional para os jovens de Paraty. O projeto arquitetônico do Centro será baseado em ideias e propostas apresentadas em uma oficina de cocriação realizada pelo parceiro técnico da Comunitas, a Agência Tellus.

Lucas Cordeiro, da recém-criada Coordenadoria de Juventude, demonstrou que a intenção do órgão é ir além do planejamento de políticas públicas para juventude. “O protagonismo dos jovens na discussão de políticas públicas é um processo em construção em Paraty e que o próximo passo da coordenadoria é fomentar a criação do conselho municipal de juventude”, disse.

Já o Instituto Igarapé realizou a primeira apresentação pública do “Observatório de Prevenção à Violência”, ferramenta desenvolvida com apoio do Juntos que acompanhará jovens e famílias em situação de vulnerabilidade. As ações integram a criação de uma agenda municipal de segurança cidadã em Paraty, construída com base nos indicadores de violência pelo próprio Instituto, também com apoio do programa em Parceria com a prefeitura.

Deixe um comentário