de-olho-nas-eleicoes-desafio-4-promover-a-capacitacao-dos-servidores-publicos

De olho nas eleições | Desafio 4: promover a capacitação dos servidores públicos

Essa é a quarta de dez postagens sobre alguns pontos fundamentais para o eleitor prestar atenção nessa e nas próximas eleições.

Segundo o Governo Federal, o perfil dos servidores públicos mudou nos últimos 20 anos. Se antes reinava, na cabeça do cidadão brasileiro, o estereótipo de funcionários despreparados, essa imagem tem mudado gradativamente.

De acordo com levantamento realizado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), divulgado em 2017, houve aumento de 15% na proporção de servidores com nível superior que atuam nos órgãos públicos federais – representando quase 50% dos mais de 600 mil servidores do Executivo Federal.

Isso nos mostra um cenário animador que busca a profissionalização e aperfeiçoamento da máquina pública, não focado somente na melhoria dos processos, mas, também, das pessoas – ponto fundamental para a ampla eficiência da administração.

Leia também: 5 dicas feitas especialmente para servidores públicos

“A certeza que tenho é que nenhum país se desenvolveu sem bons gestores públicos, inclusive alguns que não eram desenvolvidos décadas atrás como Coréia, Irlanda e os países bálticos”, afirmou Francisco Gaetani, presidente da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) – entidade vinculada ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, em entrevista para a Comunitas

Leia mais: Com participação de mais de cem gestores, especialização da ENAP apoiada pela Comunitas chega ao fim

Mas ele pondera com alguns desafios enfrentados: “capacidade de discernir e de criar valor público; focar no senso de propósito das iniciativas públicas; articular coalizões capazes de fazer avançar agendas transformadoras, no interesse da sociedade; atualizarem-se continuamente de forma a estarem aptos à interação com um mundo que passa por uma profunda revolução digital”, disse.

Leia mais: Francisco Gaetani, presidente da ENAP, aborda a importância e os desafios da formação de lideranças públicas

Mas o que está sendo feito para apoiar e fortalecer os servidores?

A criação das Escolas de Governo, por meio da emenda nº 19, de 1998, mostrou a intenção da União de apoiar os servidores públicos brasileiros. As Escolas são instituições públicas criadas com a finalidade de promover a formação, o aperfeiçoamento e a profissionalização de agentes públicos, visando ao fortalecimento e à ampliação da capacidade de execução do Estado.

Assista: Prefeito de Medellín e diretor na Universidade de Columbia debatem lideranças públicas

A iniciativa privada também tem apoiado projetos que buscam o aprimoramento dos servidores, acreditando que a eficiência da administração pública impacta no desenvolvimento do país. Um exemplo é o Programa Juntos, grande aliança de líderes empresariais que atua no aprimoramento da gestão pública municipal. Liderado pela Comunitas, o Juntos acredita nos servidores públicos como atores estratégicos para uma verdadeira transformação na administração pública.

Uma das ações é o programa de concessão de bolsas de estudos para gestores públicos. Até o momento já foram dadas cerca de 50 bolsas em pós-graduação na área de liderança e gestão pública, buscando maior empoderamento, engajamento e fortalecimento dos servidores municipais da rede do Juntos. Os cursos são ministrados na Universidade de Columbia, em Nova Iorque (EUA) – uma das mais renomadas do mundo, e no Centro de Liderança Pública (CLP), em São Paulo, que inclui um módulo internacional na Universidade de Oxford, no Reino Unido (anteriormente, na Universidade de Harvard).

Leia também: Comunitas contempla seis servidores da rede Juntos com bolsas de estudo para especialização em gestão pública

Outra ação realizada pela Comunitas foi possibilitar a ida de diversos prefeitos brasileiros para imersão de uma semana na Universidade de Columbia, durante o programa “Accelerating Growt in Brasilian Cities – Special Program for Brazilian Mayors” (em português ‘Acelerando o crescimento das cidades brasileiras’).

Desenhado em parceria com a Columbia Global Centers | Rio de Janeiro e a School of International and Public Affairs (SIPA), o curso é uma iniciativa inédita que ofereceu aos gestores públicos ferramentas necessárias para solução de problemas e aprimoramento de resultados.

 Na mídia: Comunitas na Exame | Políticos brasileiros vão à escola em Nova York 

Uma das maiores iniciativas da Comunitas em prol do desenvolvimento de novas lideranças públicas é por meio da Rede Juntos, plataforma digital que se concretizou como um local de troca e debate em gestão pública, reunindo lideranças engajadas no aprimoramento da administração pública brasileira. O local reúne diversos conteúdos exclusivos, em formas de texto, livros, podcast, artigos e vídeos, além da possibilidade de entender mais detalhadamente sobre os projetos com o próprio gestor – seja prefeito, diretor ou secretário municipal.

Leia também: Rede Juntos | Faça o download do aplicativo já disponível para Android e iOS

 

Confira o desafio 1:

 

Confira o desafio 2:

 

Confira o desafio 3:

 

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email