conhecam-iara-assistente-virtual-da-comunitas-que-apoiara-municipios-na-busca-pelo-equilibrio-das-contas

Conheçam Iara, assistente virtual da Comunitas que apoiará municípios na busca pelo equilíbrio das contas

Iara é uma assistente virtual criada pela Comunitas, em parceria com a AppCívico e desenvolvida com a colaboração de servidores públicos de municípios e do governo do estado do Pará. Clique aqui e converse com Iara.

Iara, Inteligência Artificial Para Cidades, pretende auxiliar servidores públicos a solucionarem, de forma efetiva, as pendências de seu município no CAUC. A assistente é uma orientadora que apoia servidores a compreender melhor o procedimento envolto na prestação de contas do Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias.

Leia também: O que é, para que existe, e por que limpar o nome no CAUC, o “Serasa” das prefeituras

De forma automática e por meio de uma inteligência artificial, a Iara foi criada para responder as perguntas sobre o CAUC. A ferramenta é piloto, o que significa que Iara não está totalmente pronta e existe a necessidade da realização de diversos testes para que ela seja aperfeiçoada até responder questões da forma mais correta possível.

A assistente surge com o trabalho de equilíbrio fiscal Municípios em Rede realizado no estado do Pará pelo programa Juntos Pelo Desenvolvimento Sustentável, da Comunitas. A iniciativa visava alcançar o equilíbrio fiscal, sobretudo, a partir da solução das pendências de cada município no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias, o CAUC.

Leia também: Em nova publicação, Comunitas explica detalhes do projeto de gestão fiscal realizado com o Governo do Pará

Uma vez que as pendências estão resolvidas no CAUC, os municípios tornam-se aptos a receberem transferências voluntárias de diversas fontes, além de poderem celebrar novos empréstimos podendo, então, designar mais recursos para diferentes setores de seu município.

A tecnologia utilizada na construção da Iara e a importância do treinamento

Iara é um chatbot fundamentado em inteligência artificial, o que significa que ela tenta reproduzir a capacidade de um ser humano em raciocinar. Através de um denso banco de dados, Iara ganha autonomia para responder sozinha questões sobre o CAUC.

Ela é uma assistente virtual em fase de testes e aprendizado. Por se tratar de uma ferramenta de inteligência artificial, Iara trabalha com outros instrumentos de tecnologia como o machine learning. O machine learning auxilia Iara fazendo com que ela reconheça as perguntas que estão sendo feitas e a ajude a respondê-las em uma linguagem natural.

Leia também: Bate-Bola | Diretora de Conhecimento e Inovação da Comunitas aborda inovação em governos

Iara reconhece as perguntas feitas pelos usuários através de padrões de palavras. A lógica de reconhecimento de padrões que a torna capaz de reconhecer alguma pergunta do usuário é a mesma que nosso cérebro usa para reconhecer objetos simples, como um livro.

É neste aspecto que é importante realizar uma série de testes com Iara: quanto mais vezes for questionada, mais padrões reconhecerá e maior será sua capacidade de aprendizado e resposta.

Por estar em fase de testes, Iara ainda não está integralmente construída e com todas as respostas prontas. Mas contamos com a participação dos usuários, por meio de perguntas, para que ela aprenda ainda mais.

Para conversar com a Iara, é necessário ter uma conta no Facebook ou Facebook Messenger. A partir disso, o usuário pode iniciar a troca de mensagens com a assistente virtual, como faria em qualquer outra conversa.

Leia também: Bate-Bola | O economista José Roberto Afonso aborda o Pacto Federativo

Iara responde, por hora, uma série de perguntas pré-estabelecidas a respeito do CAUC. A partir do momento em que a mesma não compreende a pergunta do usuário, Iara indica um e-mail, dirigido à equipe da Comunitas, que responderá o questionamento feito.

 

Converse com Iara clicando aqui.

 


 

O especialista Alexandre Simões Estrela, sócio da nossa parceira-técnica Mais Resultados, aborda os desafios de manter o controle das contas públicas municipais.

 

 

 

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email