comunitas-reune-executivos-sociais-para-a-construcao-do-bisc-2020

Comunitas reúne executivos sociais para a construção do BISC 2020

Na última semana, a Comunitas reuniu diversos executivos sociais integrantes da rede do Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) durante mais um Grupo de Debates. Realizado no dia 15, o primeiro encontro deste ano teve como objetivo promover o debate e a troca de experiência sobre os desafios inerentes à área social corporativa, e, também, encontrar caminhos para a construção e aprimoramento do ciclo 2020 da pesquisa BISC.

Leia também: BISC participa de levantamento global sobre investimento social corporativo

Na reunião, os gestores tiveram a oportunidade de discutir possíveis temáticas que guiarão a próxima edição da pesquisa, definição de informações relevantes para registro interno das empresas, além de debater e compartilhar projetos realizados no campo – tudo com o intuito de tornar o BISC cada vez mais alinhado com as demandas sociais das empresas.

Estiveram presentes na reunião representantes do Instituto Neoenergia, Stone, Fundação Telefônica Vivo, Instituto CCR, Fundação Vale, e organizações Bradesco.

investimento social corporativo

 

 

Grupo de Debates BISC

Para o encontro são convidadas empresas participantes do BISC, fazendo com que compartilhem, entre o grupo, a metodologia e os instrumentos utilizados para captação, divulgação de resultados dos diferentes parceiros, bem como os desafios e as estratégias utilizadas nos projetos de investimento social.

Sobre o BISC

Liderado pela Comunitas, o relatório Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) é uma ferramenta criada para o acompanhamento anual dos investimentos sociais privados no Brasil. Com a pesquisa, é possível aferir a evolução dos compromissos sociais das empresas participantes do grupo, extrair a percepção dos gestores sobre a qualidade das aplicações, buscar novos temas para subsidiar a formulação de estratégias e melhorar a contribuição para o desenvolvimento do país.

Leia também: 11 motivos para uma empresa participar do grupo BISC

Além disso, por meio de uma parceria abrangente e inovadora com o CECP e com a Exchange, consegue-se comparar esses investimentos com padrões internacionais.

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email