comunitas-lanca-publicacao-que-explica-como-criar-espacos-urbanos-com-foco-no-cidadao

Comunitas lança publicação que explica como criar espaços urbanos com foco no cidadão

Publicação foi produzida em parceria com o Gehl, escritório criado pelo renomado arquiteto e urbanista dinamarquês, Jan Gehl

Quando você vai à padaria, quando você leva sua filha ao parque, quando você pega metrô em direção ao trabalho… Ao fazer tudo isso, você está participando ativamente da vida urbana da sua cidade. Mas existem caminhos para melhorar essa experiência e, também, torná-la possível para o maior número de pessoas.

Leia também: Planejamento urbano é tema do podcast “Conversa Pública” deste mês

Por isso, a Comunitas lançou a publicação “Como prefeitos e prefeitas podem construir cidades para as pessoas” – versão brasileira do “A Mayor’s Guide to Public Life”, guia produzido pelo Gehl, escritório criado pelo renomado arquiteto e urbanista dinamarquês, Jan Gehl.

Assista: Jan Gehl explica o conceito de cidades para pessoas

A publicação mostra como prefeitos e prefeitas podem incentivar a população a desfrutar os espaços públicos mais efetivamente, utilizando técnicas de planejamento e desenho urbano focadas nas pessoas, em qualquer etapa de desenvolvimento de seus projetos.

Divido em cinco seções – Mensurar, Convocar, Experimentar, Apurar e Concretizar, o guia apresenta motivos pelos quais é necessário focar nos padrões de comportamento humano e mensurar como as pessoas utilizam espaços públicos. Além disso, oferece táticas e estudos de casos, que exemplificam como administradores públicos melhoraram a gestão da cidade através de medidas simples.

Leia também: 5 cidades que resolveram planejar com foco no cidadão

O intuito do material é dar subsídios para enfrentar alguns dos maiores desafios na agenda municipal, como a redução da criminalidade e a promoção de uma economia vibrante, que estimule o crescimento local e orgulho por parte dos cidadãos. Estes são assuntos fundamentais para promover qualidade de vida nas cidades, e podem ser resolvidos através da melhoria dos espaços públicos, desde que a meta seja tornar mais convidativo e agradável para mais pessoas passarem tempo ao ar livre.

 

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email