comunitas-apresenta-relatorio-bisc-2019-e-lanca-plataforma-digital-sobre-investimento-social

Comunitas apresenta relatório BISC 2019 e lança plataforma digital sobre investimento social

A Comunitas apresentou, hoje (18), o novo perfil do investimento social corporativo brasileiro, com o lançamento da 12ª edição do relatório Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) – valiosa ferramenta que orienta a gestão social corporativa.

Em 2019, a pesquisa abrangeu um universo de 254 empresas e 17 institutos e fundações empresariais. Além do novo cenário do investimento social, um capítulo especial do BISC foi dedicado à análise das relações entre os investimentos sociais e a promoção dos direitos humanos – uma dimensão até então pouco explorada em estudos sobre o tema e essencial, para a desejada construção de uma sociedade mais justa e inclusiva.

A abertura do encontro foi realizada pela diretora da Comunitas, Patricia Loyola. “Percebemos que estávamos gastando mais tempo construindo os dados do que efetivamente analisando os dados. Fizemos essa plataforma para que as empresas parceiras do BISC possam focar naquilo que realmente importa: aumentar os impactos dos seus projetos sociais”, explicou.

Novidade: plataforma digital sobre investimento social corporativo

Junto com o BISC 2019, a Comunitas lançou uma plataforma de conteúdos sobre investimento social corporativo. No local, o público tem acesso à novidades e informações referentes ao campo de responsabilidade social, além de poder visualizar os dados e gráficos mais atuais do BISC. O visitante também pode participar da ferramenta enviando materiais como artigos e boas práticas sobre o tema.

Os integrantes do Grupo BISC ainda contam com mais uma novidade em 2019: a transição da pesquisa para uma plataforma digital completa que pode ser utilizada por toda a rede para comparação de dados em tempo real.

Isso somente é possível porque a permanência da empresa no BISC viabiliza a construção de séries históricas. O acompanhamento em médio e longo viabiliza o aprofundamento da empresa em sua própria realidade, potencializa o aprimoramento de suas práticas e potencializa a sua capacidade de prever os rumos do Investimento Social. Assim o BISC fornece muito mais do que uma fotografia momentânea da realidade do Investimento Social da sua organização.

Novo perfil do investimento social corporativo brasileiro

A apresentação dos dados fica por conta da coordenadora da pesquisa BISC, Anna Peliano. “Todo o BISC é desenhado para dar subsídios para que as empresas avancem com seus investimentos sociais. São algumas das maiores empresas do País, que já assumiram o compromisso com a causa social e consolidaram seus investimentos”, disse a especialista.

Confira alguns destaques do BISC 2019:

# Queda de 13% nos investimentos sociais corporativos

Em 2018, as empresas investiram R$ 2,1 bilhões na área social, uma queda de 13% em relação ao ano anterior. Este fato que não invalida a tendência de consolidação dos investimentos sociais do grupo já demonstrada em edições anteriores do BISC, pois, apesar da conjuntura econômica desfavorável dos últimos anos, os investimentos foram mantidos em um patamar superior a dois bilhões de reais.

# Mas a queda não foi generalizada

A queda dos investimentos não foi uniforme e nem generalizada. Na contramão do caminho trilhado pela economia, 36% das empresas ampliaram seus investimentos sociais. Porém, os valores ampliados por esse grupo não foram suficientes para compensar a redução realizada pela maioria.

# O padrão de investimento ficou abaixo do norte-americano

Desde 2007, os resultados observados revelam que na maior parte desse período o padrão brasileiro esteve empatado, ou na frente, do Norte Americano. Porém, em 2018, ele ficou abaixo.

# Educação continua no foco dos investimentos

A área de educação continua absorvendo a maior parcela dos recursos.  Em 2018, eles foram da ordem de R$ 901 milhões, o que representa uma redução de 6% em relação ao ano anterior.

 

Clique aqui e confira os dados completos na plataforma digital BISC.

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email