como-paraty-pretende-manter-titulo-da-unesco-com-apoio-da-comunitas

Como Paraty pretende manter título da UNESCO com apoio da Comunitas

Depois de conquistar o título de Cidade Criativa da Unesco, no final de 2017, Paraty (RJ) se depara com o desafio de manter esse posto após o período mínimo de quatro anos. Para isso, porém, a cidade prepara ações visando a valorização sociocultural do destino e ganho de importância perante o Turismo.

A começar pelo mercado local, a gastronomia, ponto pelo qual foi exaltada pela Unesco, é o grande mote de Paraty. Com isso, a criação de um observatório gastronômico surge para elaborar um diagnóstico da cadeia produtiva da gastronomia da cidade por meio de indicadores socioeconômicos, tendo como objetivo a identificação de destaques locais, do produtor à mesa.

Em parceria com as secretarias de Pesca e Agricultura, Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e do Programa Juntos – liderado pela Comunitas, o projeto Mercado de Peixe quer beneficiar famílias de pescadores fomentando o comércio e fazendo da pesca um atrativo turístico. Ainda está prevista a criação do Centro de Formação e Economia Criativa (CFEC) para promover cursos, oficinas e o empreendedorismo à população.

“É uma forma de favorecermos o povo de Paraty com oportunidades. Damos foco em um tripé que une fatores sociais, ambientais e econômicos, e o resultado é positivo para todos os lados”, destacou o presidente do conselho municipal de Turismo de Paraty e diretor executivo do CVB local, Hans Neus.

Construção da candidatura ao título teve apoio do Programa Juntos

Além do Mercado de Peixe, outros projetos desenvolvidos com apoio do Programa Juntos auxiliaram Paraty na conquista do título da UNESCO.

A elaboração do projeto arquitetônico do Centro de Formação e Economia Criativa (Cefec) foi concluída e o próximo passo é a construção do primeiro módulo do espaço. Sua estruturação, com oferta de cursos regulares de gastronomia, é um dos compromissos de Paraty com a rede de Cidades Criativas.

A Escola de Comer engloba todos os projetos para a requalificação da merenda escolar em Paraty. A iniciativa estabelece uma alimentação mais saudável e regional para os alunos das escolas públicas da cidade.

Leia mais: Entenda como a cidade de Paraty tornou a merenda das escolas públicas um padrão de qualidade

Além disso, para a elaboração da proposta encaminhada à Unesco, a equipe da Secretaria de Cultura de Paraty também participou de uma ação de replicabilidade promovida pelo Programa Juntos em Santos (SP), onde os técnicos da prefeitura santista explicaram como foi construída sua candidatura focada no cinema.

 

 

Com informações do portal Panrotas.

Deixe um comentário:

Compartilhe esse conteúdo!:

Deixe um comentário

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email