com-parceria-da-prefeitura-de-sao-miguel-programa-juntos-chega-em-mais-uma-cidade-do-nordeste

Com parceria da Prefeitura de São Miguel, Programa Juntos chega em mais uma cidade do nordeste

Assim como Caruaru e Petrolina, também na região nordeste, a parceria com a Prefeitura de São Miguel inicia com foco no equilíbrio fiscal, área considerada prioritária para o Juntos.

Foto: Prefeitura de São Miguel

O Programa Juntos desembarcou em mais uma cidade nordestina: São Miguel é a mais nova integrante da rede, que torna-se parceira do programa com o objetivo de melhorar as finanças públicas a partir da redução de despesas e o aumento da arrecadação, sem que haja prejuízo ao cidadão.

Para dar o pontapé inicial na parceria, foi realizada uma reunião ontem (31), que contou com a presença do prefeito, José Gaudêncio, secretários e diretores públicos municipais, representantes do Programa Juntos e, também, da Mais Partners – parceria técnica do trabalho.

Leia mais: Curso | Saiba como melhorar a arrecadação de seu município

O prefeito salientou a importância da parceria para superar obstáculos da gestão. “Fortalecer os servidores, o funcionalismo público e a estrutura da administração municipal são objetivos desta gestão, que se atingidos, deixarão um importante legado para nossa cidade”, disse.

As atividades previstas para a execução dos trabalhos ocorrerão dentro de quatro meses para os órgãos públicos da prefeitura, e os treinamentos abordarão o contexto dos gastos na gestão pública, lei de responsabilidade fiscal, eficiência dos gastos, metodologia de trabalho, cases de sucesso da gestão municipal, planos de ação relacionados, acompanhamento e resultados esperados.

Leia mais: Comunitas e FIRJAN promovem seminário sobre gestão fiscal com prefeitos do estado do Rio

“O trabalho com equilíbrio fiscal passa a compor uma importante pauta pós implementação da Lei de Responsabilidade Fiscal, deixando os municípios em alerta e promovendo senso de urgência no controle e acompanhamento dos gastos”, esclarece Alexandre Simões, diretor da Mais Partners.

Foto: Prefeitura de São Miguel

“O equilíbrio fiscal passa a compor a pauta municipal pós implementação da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que reforça a importância da realização de projetos como este nas cidades, buscando criar um acompanhamento das contas públicas e uma maior eficiência no uso de recursos municipais”, esclarece Alexandre Simões, diretor da Mais Partners.

Por que equilíbrio fiscal?

O trabalho em busca do equilíbrio fiscal é considerado prioritário nas cidades onde o Juntos atua. Isso porque, o uso racional dos recursos resulta em uma melhora da saúde financeira dos municípios, possibilitando mais investimentos para avanço da qualidade de vida dos cidadãos que vivem nessas cidades.

“O equilíbrio das contas públicas ainda é um dos grandes desafios dos gestores das cidades brasileiras. Por esse motivo, precisamos que os gestores – seja prefeito, secretário ou diretor – assumam a responsabilidade de gerir o orçamento com responsabilidade e conhecimento, além de internalizar para que os resultados sejam perenes, não somente de mandatos”, explica Regina Esteves, diretora-presidente da Comunitas.

Deixe um comentário