boa-pratica-ferramenta-da-mais-autonomia-aos-usuarios-do-sus

[Boa Prática] Ferramenta dá mais autonomia aos usuários do SUS

A plataforma Clique Saúde foi criada para democratizar as informações sobre os serviços disponíveis e para melhorar o fluxo de atendimentos

Com o objetivo de dar mais autonomia e segurança ao cidadão que busca por informações sobre o atendimento na saúde pública, foi instalada, em Pelotas (RS), a plataforma Clique Saúde.  Adaptada para os dispositivos mobile, tablet, notebook e desktop, a ferramenta pode ser acessada de qualquer local via Internet.

A plataforma foi criada após a Prefeitura de Pelotas identificar que parte das reclamações dos usuários do sistema público de saúde não estava diretamente relacionada ao tipo de atendimento oferecido, mas pelo cidadão não ter recebido a informação correta quando buscou por ela. Percebeu-se, então, que era preciso democratizar as informações sobre os recursos disponíveis para a população.

Todo o desenvolvimento foi realizado pelo Saútil, em parceria com o Programa Juntos, a Secretaria de Saúde do município e o Instituto Tellus – parceiro técnico da Comunitas.  O ponto de partida foi um levantamento dos dados referentes ao sistema de saúde, realizado pelos gestores competentes de cada área. Após essa etapa, a plataforma de tecnologia do Saútil foi customizada para se adequar à realidade do município e integrada ao banco de dados da Prefeitura. Por fim, foi desenvolvido o design de interface e após alguns testes, o Clique Saúde entrou em operação.

Os usuários do serviço público de saúde passaram a ter acesso às informações de maneira rápida, prática e didática,  além de ter economia de tempo e dinheiro ao evitar deslocamentos desnecessários até alguma unidade de saúde. Também há uma redução das filas, já que as consultas médicas e os exames podem ser agendados pelo site ou nos dois totens instalados, até agora.

Além disso, os gestores públicos podem acessar o painel de indicadores, que centraliza informações sobre as buscas realizadas na plataforma, o que garante melhor planejamento dos recursos e avaliação da demanda dos serviços. Isso proporciona melhoria na gestão, no planejamento e na distribuição dos recursos municipais, considerado um dos pilares do Programa Juntos, que é promover soluções inovadoras no serviço público da cidade a partir de metodologia capaz de engajar e mobilizar gestores públicos e a sociedade civil .

A iniciativa segue também o princípio da replicabilidade (diretriz do Juntos), para que outras prefeituras possam copiar o modelo e implementar em suas cidades. Paraty (RJ) já demonstrou interesse em levar essa experiência para a cidade.

Estão previstas também a instalação de 10 totens digitais de autoatendimento, para atender os usuários que não têm acesso à Internet. As UBSs Bom Jesus e Simão Lopes foram as primeiras a receber o equipamento, no final de 2015. As demais unidades que receberão o equipamento estão em fase de licitação pela prefeitura.

 

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email