cidades-da-rede-juntos-estao-entre-as-melhores-para-viver-apos-os-60-anos

Cidades da rede Juntos estão entre as melhores para viver após os 60 anos

Com o aumento da expectativa de vida brasileira, as cidades vêm desenvolvendo ações para que o envelhecimento da população seja aliado a melhor qualidade de vida.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informa que, atualmente, existem mais de 20 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, número equivalente à aproximadamente 11% da população brasileira. E a estimativa é que esse número cresça para 66 milhões de pessoas até 2050, fazendo com que o país ocupe a 6ª posição ranking mundial de países mais longevos.

Para avaliar a qualidade de vida dessa população, o Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, em parceria com a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/Eaesp), produziu o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade.

A pesquisa revela as atuais condições de 498 cidades brasileiras, levando em conta suas capacidades de atender às necessidades básicas da terceira idade, avaliando pontos como Cuidados de Saúde, Bem-Estar, Finanças, Habitação, Educação e Cultura.

Quatro cidades integrantes do Programa Juntos estão entre as quinze primeiras no ranking.

O destaque está para Santos, como 1ª colocada. Com a média da população idosa acima da brasileira, a Prefeitura de Santos criou o Fundo Municipal do Idoso, para financiar projetos voltados à terceira idade. Como o “Vovô Sabe Tudo”, onde santistas e turistas podem conhecer relatos de quem participou ativamente e diretamente da história da cidade, por meio de monitorias em equipamentos públicos realizadas por agentes idosos.

Estão nas primeiras colocações também as cidades de Porto Alegre (3ª), que desenvolve ações como os Jogos Municipais da Terceira Idade, com esportes adaptados para os idosos, com objetivo de promover a ludicidade, participação e integração. Campinas (10ª), onde a Pontifícia Universidade Católica oferece a Universidade da Terceira Idade, com a proposta de incentivar o conhecimento científico, artístico e filosófico, capacitando os idosos para uma vida mais saudável.  E Curitiba (13ª), onde, dentre outras ações, a prefeitura oferta aulas gratuitas de hidroginástica, com intuito de revitalizar a disposição e, principalmente, a saúde da terceira idade.

 

 

Programa Juntos

Liderado pela Comunitas, o programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável desenvolve um modelo inovador de qualificação dos investimentos sociais corporativos ao optar pela atuação direta em parcerias com administrações municipais. A iniciativa partiu da premissa de que atuar em conjunto com o poder público, envolvendo e engajando a sociedade civil, faria com que seus investimentos sociais fossem mais sustentáveis e perenes, promovendo impactos realmente transformadores na realidade dos municípios brasileiros.

 

Foto: Raimundo Rosa

Deixe um comentário:

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube
Instagram
Siga-nos por email