0112-bisc10anos-lancamento-da-pesquisa-reunira-importantes-especialistas-em-investimento-social-corporativo

[01/12] #BISC10Anos | Lançamento da pesquisa reunirá importantes especialistas em investimento social corporativo

A maior pesquisa sobre investimento social privado, realizada pela Comunitas, será lançada no dia 1º dezembro, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). Não perca!

O que mudou nos últimos 10 anos? O número de habitantes na Terra saltou de 6,59 bilhões para 7,44 bilhões. Na tecnologia, o celular tornou-se uma espécie de braço direito do ser humano. As redes sociais revolucionaram a comunicação, aproximaram os indivíduos e ampliaram o alcance de cada notícia ou exposição pessoal. Novas plataformas de música e filmes transformaram a forma de consumir entretenimento.

E nos Investimentos Sociais Corporativos, o que alterou? A pesquisa Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) 2017 está chegando para responder a essa pergunta, abrangendo o conteúdo de um grupo de 268 empresas e 18 institutos e fundações empresariais.

A primeira década do relatório BISC será comemorada por meio de uma retrospectiva dos caminhos percorridos pelas empresas, no campo social, na última década, assumindo o compromisso que a pesquisa firmou de transformar sua história em um legado para os próximos anos, ao olhar para trás para ajudar a pensar o futuro.

Para isso, o #BISC10Anos reunirá a diretora-presidente da Comunitas, Regina Célia Esteves, a coordenadora da pesquisa, Anna Peliano, e representante do CECP – para comparação dos investimentos sociais brasileiros aos padrões internacionais, e mais um time importante de especialistas em investimento social privado!

O evento será realizado no dia 1º de dezembro, das 14h às 18h, no auditório do 4º andar da FIESP (Avenida Paulista, 1313, São Paulo-SP).

Confira abaixo a programação! Para inscreva-se, clique aqui!

 Roda de Debate 

Sérgio Besserman

Economista e ambientalista, Besserman é presidente do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Também é professor de economia brasileira da Pontifícia Universidade Católica de Rio de Janeiro, membro do conselho diretor da WWF Brasil, e comentarista de sustentabilidade na Globonews e da cidade na rádio CBN.

Rosa Maria Fischer

Professora titular da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo. Fundou e dirige o CEATS (Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor), programa institucional da FIA (Fundação Instituto de Administração). Tem assento em conselhos como o da Fundação Itaú Social, do Fundo Itaú de Excelência Social (FIES) e Centro Ruth Cardoso (CRC). Cofundadora do SEKN (Social Enterprise Knowledge Network), rede ibero-americana de universidades coordenada pela Harvard Business School.

Lívia Pagotto

É Gestora de projetos e Coordenadora da Linha de Pesquisa e Publicação do Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP). Integrou a equipe dedicada à elaboração do Plano de Desenvolvimento Local do AHE Jirau e, desde 2014, é gestora da iniciativa empresarial Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos (IDLocal),  voltada à construção de diretrizes e metodologias para temas como: monitoramento do desenvolvimento local e avaliação de impacto e proteção integral de crianças e adolescentes no contexto de grandes obras.

Fernando do Amaral Nogueira

É professor e pesquisador na FGV-SP. Nogueira é Administrador de Empresas, Mestre e Doutor em Administração Pública e Governo pela mesma instituição. Tem como principais tópicos de pesquisa a gestão de associações sem fins lucrativos, a sustentabilidade das organizações da sociedade civil, o investimento social privado e a descontinuidade de políticas públicas. Tem 20 anos de atuação acadêmica e profissional no terceiro setor, tendo trabalhando em organizações como GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas, Amcham – Câmara Americana de Comércio, CDI – Comitê para Democratização da Informática e Fundação Kellogg. Atualmente é Coordenador de Inovação em Serviços Públicos na Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia da Prefeitura de São Paulo.

Patrícia Mendonça

Professora do Curso de Gestão de Políticas Públicas da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Possui graduação em Administração pela Universidade Federal da Bahia, mestrado em Social Policy and Planning in Developing Countries pela London School of Economics and Political Science e doutorado em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas, em São Paulo. Em 2010, realizou Pós-Doutorado na Universidade de Essex, na Inglaterra, com uma pesquisa sobre a movimentos sociais, projetos políticos e novas formas de organizar. É membro do International Society for Third Sector Research (ISTR) e da Rede de Gestão Social (RGS).

Deixe um comentário