bate-bola-secretaria-municipal-de-juiz-de-fora-elizabeth-juca-e-a-entrevistada-dessa-semana

Bate-Bola: secretária municipal de Juiz de Fora, Elizabeth Jucá é a entrevistada dessa semana

A secretária de Saúde de Juiz de Fora (MG), Elizabeth Jucá, é especialista em planejamento, financiamento em saúde, orçamento público, patrimônio cultural, regionalização e controle interno. Além disso, foi uma das contempladas pela bolsa de estudos em Master em Liderança e Gestão Pública (MLG), programa de pós-graduação criado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), parceiro da Comunitas, em cooperação com uma das escolas de governo mais renomadas do mundo, a Harvard Kennedy School.

Ela foi a participante do Bate-Bola dessa semana. Confira:

 

1- Quais as dificuldades enfrentadas pela gestão pública atualmente?

Além da falta de recursos, a morosidade imposta pela burocracia impede a agilidade necessária ao processo e exigida pela população para a solução dos problemas das cidades. Outro grande desafio é a implementação efetiva do planejamento com foco nos resultados e na melhoria dos indicadores, além da efetivação de um sistema de meritocracia.

 

  1. Qual a importância da participação popular no desenvolvimento de um plano efetivo para a cidade?

O cidadão é o foco do trabalho na administração pública. Por isto, ouvi-lo sobre seus anseios, suas reclamações e suas necessidades é a chave para um resultado exitoso. A participação popular é a forma mais efetiva para melhoraria dos serviços públicos.

 

  1. Você recebeu uma bolsa de estudos em Master em Liderança e Gestão Pública, pela Comunitas. O que essa experiência adicionou no seu desempenho no trabalho desenvolvido hoje?

Minha experiência no curso foi fundamental para meu trabalho, realçando alguns pontos que eu já considerava essenciais, como o planejamento, a participação popular e a transparência. Também foram agregados novos ensinamentos como o processo de negociação, a liderança adaptativa como forma de mudança, a comunicação, a relação com as pessoas e a busca por boas práticas. Procuro usar todos esses conhecimentos adquiridos e tenho certeza que cresci muito como gestora.

Inovação em Gestão Pública reúne bolsistas da Comunitas

 

  1. Para você, qual o perfil de um bom gestor público?

Um bom gestor precisa saber ouvir as necessidades da população, planejar, ser ágil na resolução dos problemas. É fundamental também que busque sempre boas práticas, dê transparência aos atos públicos, avalie, acerte os processos que não estão andando bem e, principalmente, tenha como meta a melhoria da situação atual.

 

  1. Quais os ensinamentos o setor público pode retirar do modo de gerenciamento do setor privado?

A administração pública precisa, antes de tudo, planejar antes de executar, avaliar o andamento dos projetos e corrigir os processos que não estejam funcionando. Ou seja, devemos implementar o PDCA (Planejar, executar, controlar e agir).

 

  1. O que você vê para a gestão pública nesse próximo ciclo que se inicia? Quais os maiores desafios?

A população está mais exigente e, por isso, precisamos focar nos resultados. O maior desafio será garantir realizações com poucos recursos. Mas temos outros também, como  pensar a cidade para o futuro, ter a educação como um processo de mudança e garantir a melhoria do acesso à saúde. Sintetizo os desafios usando o slogan do Prefeito Bruno Siqueira: “Pro futuro e agora”.